27 de outubro

GDF - Administrações Regionais

NOTÍCIAS

Na última sexta-feira (15), a Administração do SIA teve um momento histórico e emocionante na cidade. Foi dia de entrega da Nova Bandeira do SIA. Mais de 5 mil pessoas votaram e a bandeira teve 70% de aprovação. 

"A entrega da Bandeira do SIA é um sonho realizado e um momento histórico e muito especial para a nossa cidade. Quero agradecer ao presidente da CDL, Wagner Gonçalves, pela parceria e apoio de sempre e toda a população que faz parte da nossa história. Parabéns ao vencedor do Concurso Nossa Bandeira, Eduardo Menezes!", afirmou a  Administradora do SIA, Marcela Oliveira.

 

Nessa quarta-feira (6), à tarde, a Administração do SIA entregou mais de mil brinquedos para a Campanha Vem Brincar Comigo. Obrigada a todos os servidores, empresários e comerciantes pelas doações. Juntos pelas famílias do DF!

Nesta semana, a A Administração do SIA recebeu as doações de brinquedos dos empresários Hugo Carneiro e Ciro Goulart. Obrigada por fazer a diferença na vida das nossas crianças, através da Campanha Vem Brincar Comigo.

Parabéns para o vencedor do Concurso Nossa Bandeira, Eduardo Menezes! Mais de 5 mil pessoas votaram e a bandeira teve 70% de aprovação. Obrigada pela participação neste momento tão especial para nós.
 

No dia 17 de setembro, a Administração do SIA recebeu o vice-presidente da Câmara Legislativa, Deputado Delmasso, o Dr. Haendel Fonseca, Secretário Executivo da Vice-Presidência da Câmara Legislativa, o Presidente do Rotary Club de Brasília, Elesbão Santos e a sua equipe. O Deputado falou sobre o Projeto de Lei (1.690/21), que cria o Complexo Logístico de Importação e Exportação no DF. Em breve, teremos ótimas novidades por aqui!

No dia 16 de setembro, a Administradora do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), Marcela Oliveira, fez uma visita à Presidente da Caixa Beneficente da PMDF (CABE), Coronel Maria Costa, no trecho 3 do SIA. A CABE possui mais de 12 mil associados que têm à disposição um rol de benefícios diferenciados nas áreas de saúde, educação, alimentação, turismo, esporte, finanças, assistência jurídica e outras.

Marcela Oliveira, nascida em Brasília, é a segunda mulher a liderar a Administração Regional do SIA. Aqui na capital federal construiu a sua família, é casada, tem um filho, formada em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, em 2008, na Universidade Católica de Brasília.

Trabalhou na Secretaria de Justiça, na pasta da Subsecretaria de Enfrentamento às Drogas, como Diretora de Reinserção Social e Diretora de Prevenção e Capacitação. Ingressou como Analista de Marketing no Hospital Anchieta, em Taguatinga.

Foi assessora especial na Subsecretaria de Igualdade Racial. Atuou na Subsecretaria de Serviços da Mobilidade, no cargo de Assessora Especial e Subsecretária substituta, onde contribuiu de maneira significativa para o desenvolvimento do órgão, sempre com foco em uma gestão participativa e melhorias para a sociedade. 

A prioridade é atender as demandas dos empresários, comerciantes e de toda a população da cidade. O Setor de Indústria e Abastecimento tem o polo econômico muito importante na capital. A região é responsável por 56% da arrecadação de ICMS do DF graças às indústrias e aos centros comerciais instalados na área, segundo estimativa da Codeplan. Cerca de 300 mil pessoas circulam pelo SIA todos os dias.
 

 

 

O processo seletivo para as vagas não preenchidas no primeiro processo eletivo do Conselho Distrital de Segurança Pública (Condisp), ocorrido entre os meses de fevereiro e maio, teve início neste mês. As inscrições foram abertas no dia 23 de agosto e poderão ser feitas até o dia 15 de setembro.

O edital com as regras e os prazos foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal, no dia 13 de agosto. Como no primeiro  processo seletivo, toda a tramitação ocorre de forma virtual em função da pandemia.

No total, seis vagas poderão ser preenchidas. São elas: Entidades de caráter associativo ou sindical representantes dos praças da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) – 1 vaga; Entidades ou organizações da sociedade civil –  2 vagas; Núcleos de estudo e grupos de pesquisa – 1 vaga; Conselhos comunitários – 2 vagas.

“Daremos continuidade ao processo de escolha dos membros do Conselho e, para melhor efetividade dos trabalhos, precisamos do envolvimento de todas as entidades previstas. Não haverá nenhum prejuízo quanto ao formato escolhido, que será on-line, pois os critérios de escolha e desempate estão bastante claros na portaria que define as regras de escolha. Além disso, seguirá o mesmo formato do primeiro processo realizado”, explica o secretário de Segurança Pública, delegado Júlio Danilo.

No dia 16 de agosto, a primeira fase do processo se iniciou, de acordo com o calendário eleitoral. Desta forma, até o dia 20 de agosto, ocorreu o processo de impugnação do edital.

O pedido de inscrição no processo eleitoral deve ser realizado por meio eletrônico, conforme calendário eleitoral previsto. Não serão aceitos pedidos de inscrição apresentados fora do prazo ou dos meios previstos pelo edital.

Uma das finalidades do Condisp é propor diretrizes para políticas públicas de segurança pública e defesa social. Além disso, é responsável pela realização de estudos e ações com objetivo de aumentar a eficiência na execução da política distrital de segurança pública e na prevenção e repressão da violência e criminalidade. As reuniões do Conselho são bimestrais e o calendário com as datas dos encontros já está definido

Sobre o Condisp

O Condisp é um dos integrantes estratégicos do Sistema Único de Segurança Pública – SUSP, previsto na Lei Federal n.º 13.675, de 11 de junho de 2018, e na Lei Distrital n .º 6.430, de 19 de dezembro de 2019. Sua natureza é consultiva, propositiva e de acompanhamento social sobre a Política de Segurança Pública do Distrito Federal, com a participação de órgãos públicos, entidades de classe e sociedade civil.

Além disso, a instalação do Condisp, juntamente com a implementação da Política Distrital de Segurança Pública e o funcionamento do Fundo se Segurança Pública do DF, constituem contribuições do Distrito Federal à necessidade de o Estado brasileiro fazer cumprir os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável(“ODS”), iniciativa promovida pela Organização das Nações Unidas, que consolida conjunto de 17 objetivos e 169 metas que 193 países acordaram após dois anos de discussão e que entrou em vigor em 1º de janeiro de 2016.

 

Formado por um representante titular e o respectivo suplente dos seguintes órgãos, associações, sindicatos e entidade da sociedade civil:

Secretaria de Estado da Segurança Pública do Distrito Federal – SSP/DF;
Polícia Militar Do Distrito Federal – PMDF;
Polícia Civil Do Distrito Federal – PCDF;
Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal – CBMDF;
Departamento de Trânsito do Distrito Federal – DETRAN/DF;
Casa Civil do Distrito Federal – CACI/DF;
Secretaria de Estado de Educação – SEDF;
Secretaria de Estado de Saúde – SES/DF;
Defesa Civil do Distrito Federal.

Acesse a regulamentação e os documentos para inscrição nos links abaixo:

Declaração de inexistência de de causa de inelegibilidade e impedimentos

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO 2º processo eleitoral CDECLARAÇÃO DE INEXISTÊNCIA DE CAUSA DE INEXIGIBILIDADE Condisp (1)ondisp

Portaria 110 de 27_07_2021 Disciplina o processo de eleição para a composição do CONDISP

Edição: João Roberto

A campanha VEM BRINCAR COMIGO 2021 está de volta! 

O objetivo da campanha é fazer o Dia das Crianças mais feliz. Para isso, entre os dias 30 de agosto e 30 de setembro, serão arrecadados brinquedos e livros infantis nas Administrações Regionais, Batalhões do Corpo de Bombeiros, Palácio do Buriti e anexo, Secretarias e órgãos do GDF, bem como na sede da Defesa Civil do DF.


Cada brinquedo ou livro doado cumprirá sua função social levando esperança para as nossas crianças. Faça você também dessa corrente do bem! Importante lembrar que doação não é descarte. Portanto, selecione brinquedos e livros em condições de serem utilizados. Ainda, higienizem os brinquedos e acondicionem em sacolas plásticas transparentes para facilitar a identificação.
 

Cuidar das nossas crianças é cuidar do nosso futuro. Faça você também a diferença!

Nessa terça (24), a Administração do SIA se reuniu com o Grupo de Trabalho de Coleta Seletiva do SIA e com o Presidente da Feira dos Importados, Damião Soares. O objetivo é implantar 100% da coleta seletiva em toda a Região.

Atividade conjunta do Ministério da Saúde, Secretaria da Saúde/GDF, Administração do SIA e Feira dos Importados aconteceu das 9h até as 17h – com teste rápido com antígeno

Quem foi na Feira dos Importados de Brasília neste sábado, 14, conseguiu fazer a testagem gratuita do novo coronavírus. Das 9h às 17h, equipes do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde do DF estavam no local para coletar material e auxiliar na prevenção à Covid-19.

A ação, segundo a Administradora Regional do SIA, Luana Machado, é muito importante, porque foi realizada em um dos espaços comerciais com maior diversidade de pessoas – uma vez que pega “gente de todas as partes de Brasília e também dos visitantes de vários estados que sempre visitam a Feira. A testagem foi realizada em tendas que foram instaladas no estacionamento diante da Feira dos Importados, localizada no SIA-Trecho 7. 

 

Detalhes da ação conjunta na Feira dos Importados de Brasília. Foram definidos em reunião realizada naquele que é o centro de compras mais conhecido de Brasília.

Para a Feira dos Importados a ação representa mais um reconhecimento da sua importância dentro do contexto social e comercial da Capital da República. Na avaliação de Damião Soares, presidente da Feira, será uma oportunidade para que as pessoas unam o necessário ao agradável – que é fazer o teste de modo gratuito e ainda poder aproveitar para fazer compras num espaço comercial que prima pela pluralidade de alternativas em termos de produtos.

A possibilidade de fazer gratuitamente um exame que hoje na rede privada oscila entre R$ 230,00 e R$ 370,00 serve como chamariz – ainda mais em um momento no qual avança o processo de vacinação no DF e em nível nacional e muitos ainda não sabem qual a sua verdadeira condição: se já foi infectado (mesmo sem saber) ou não – lembrando que a maioria das pessoas contraem o vírus, mas não se dão conta por que a reação difere de pessoa para pessoa.

Sobre a Feira

Feira é o centro de compras mais conhecido de Brasília em nível nacional

Instalada no SIA – Trecho 7 em Brasília, a Feira dos Importados é espaço privado, adquirido pela cooperativa em licitação – composta de mais de dois mil espaços comerciais entre “bancas” e quiosques, gerando cerca de cinco mil empregos e com visitação média/diária de 15 mil pessoas, funcionando das 9h às 18h, de terça a domingo. Na Feira, você encontra literalmente de tudo.

Entre as comodidades, a Feira possui estacionamentos públicos e privados, acessibilidade, infraestrutura com segurança e vigilância eletrônica, áreas de ampla circulação e com obediência a todos os protocolos de segurança e cuidados com o distanciamento que o momento impõe.

 

Nesta quarta (4), haverá a Audiência Pública Remota para debater a Criação do Complexo de Exportação e Logística do DF (PL 1.690/21), às 19h. A iniciativa é do Deputado Delmasso, vice-presidente da Câmara Legislativa.

Entrar na reunião e depois informe o ID e senha – Zoom abaixo.

ID: 874 9328 4726
Senha: 101010

Transmissão ao vivo pela TV WEB e pelo Portal e-Democracia.

Participe!

PACS – Plano de Ação e Crescimento do SIA: Ouvindo suas necessidades para transformar sua cidade.

💬Vamos discutir sobre segurança e infraestrutura no SIA e região?

Nosso encontro será dia 🗓 04 de agosto – quarta-feira, 🕙 10h00 da manhã.

Para participar é necessário fazer inscrição através do link https://promocao.cdldf.com.br/inscricao-cdl-df .
Mais informações pelo telefone 3218-1436.

Esperamos por você! 😉
 

   O que fazer com os seus equipamentos eletrônicos que não possuem mais condições de uso? Sabia que eles ainda podem promover a inclusão digital de alunos de baixa renda? A Feira dos Importados realizará, nos dias 31 de julho e 01 de agosto, das 10h às 16h, o Drive Thru do Resíduo Eletrônico, em parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, a Administração Reginal do SIA, a OSC Programando o Futuro e a Green Eletron. Separe seus equipamentos eletrônicos, como computador, impressoras, telefones, carregadores e eletrodomésticos, e descarte com segurança. Para isso basta levá-los para o estacionamento em Frente à Feira dos Importados.

     Além de descartar de maneira adequada seus resíduos, você estará contribuindo para que jovens possam estudar com o material doado, uma vez que os equipamentos que apresentarem condições de uso serão recondicionados e posteriormente doados.

  O Drive Thru do Lixo Eletrônico faz parte do RECICLOTECH, que alinha capacitação profissional de jovens, recondicionamento de resíduos eletrônicos, doação de equipamentos, educação ambiental e preservação do meio ambiente.

 

 

 

 

 

 

 

Serviço:

Drive Thru do Lixo Eletrônico

Dias 31/07 e 01/08

Horário: 10h às 16h

Local: Estacionamento em frente à Feira dos Importados

Informações: 61. 99231-1923 (Valéria)

Redes Sociais: @reciclotech, @sectidf, @eletroniconaoelixo, @feiradosimportadosbsb, @programandoofuturo

O SIA (Setor de Indústria e Abastecimento) completou 16 anos no dia 14 de julho. E para celebrar a data dessa jovem Região Administrativa, a Secretaria de Turismo em parceria com a Administração da cidade, instalou uma unidade de Centro de Atendimento ao Turista (CAT) móvel na Feira dos Importados, importante polo comercial da cidade, que ficará à disposição da população e dos turistas até o dia 18 de julho.

O atendimento nos Centros de Atendimento ao Turista (CAT) móveis é realizado presencialmente. São oferecidas informações sobre os produtos e serviços turísticos no Distrito Federal e Entorno, e são distribuídos mapas, guias turísticos e materiais promocionais, de forma individual. Todo serviço é público e gratuito.

Chegou o dia do tão sonhado do concurso para eleger a bandeira oficial do SIA! Você que faz parte da nossa cidade, pode nos ajudar nesta missão tão especial. As inscrições estão abertas até esta quinta-feira (19) e o primeiro lugar receberá um celular novo, troféu e certificado. Contamos com você! Participe.

Inscrições: CONCURSO DA NOVA BANDEIRA DO SIA

Edital: Bandeira

Retificação do Edital: Retificação Edital

Regulamento: Regulamento

Retificação do Regulamento: Retificação Regulamento

Impugnação do edital:

Recurso Administrativo: Recurso

Envio da Bandeira: ENVIE AQUI A SUA OBRA DE ARTE!

Resultado do Vencedor da Bandeira escolhida: 

 

Ação em parceria com Administração Regional é destinada aos usuários do transporte público coletivo

Os usuários do transporte público coletivo do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), que utilizam o cartão mobilidade, terão uma semana de atendimento presencial para tirar dúvidas, resolver pendências ou fazer recarga. O BRB Mobilidade estará com um posto de atendimento no Setor, de 13 a 16 de julho, inclusive para emissão de novos cartões mobilidade.

A ação é realizada em parceria com a Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) e a Administração Regional do SIA, em comemoração ao aniversário de 16 anos do Setor de Indústria e Abastecimento.

O atendimento presencial foi solicitado pela Administração Regional porque o SIA não conta com posto de atendimento para o usuário do transporte coletivo. O SIA é um local de grande movimentação de veículos do transporte coletivo, por onde passam 45 linhas de ônibus que ligam o Setor de Indústria e Abastecimento a todas as regiões do Distrito Federal. Com mais de 5 mil indústrias, o SIA é bastante movimentado, com cerca de 90 mil trabalhadores e 300 mil pessoas que circulam pelo local diariamente.

A ação será na sede da Administração Regional, no SIA trecho 8 (Lotes 125/135). A administradora regional do SIA, Luana de Lima Machado, relata que a repartição é procurada diariamente por pessoas que têm dificuldade em obter serviços referentes aos cartões do transporte público. Com a presença do BRB, será mais fácil adquirir o cartão mobilidade.

“Com o cartão, o usuário terá a vantagem de ter economia e agilidade no transporte público, além da possibilidade de chegar mais rápido na sua casa. Sempre trabalhamos para melhorar a qualidade de vida e bem estar dos nossos comerciantes e de quem faz parte da nossa cidade. Essa ação vai fazer a diferença na vida de muitas pessoas” afirmou a administradora do SIA.

O atendimento ao público será no horário comercial, das 9h da manhã às 17 horas. Além de quatro estações de atendimento ao usuário, o posto terá a presença da Ouvidoria da Administração Regional para prestar esclarecimentos ou receber manifestações dos usuários. Durante a ação, o BRB Mobilidade vai atender apenas as demandas relacionadas ao cartão mobilidade. Os demais modelos de cartões do transporte público coletivo do DF devem ser tratados por meio dos postos de atendimento ou pelo site https://mobilidade.brb.com.br.

De acordo com a subsecretária de controle da Semob, Stephanie Soares, a ação que está sendo realizada no SIA pode acontecer também em outras regiões do DF. “A Semob e o BRB já realizaram esta ação na Rodoviária do Plano Piloto e na antiga Rodoferroviária, e podemos analisar a possibilidade de realizar em outras localidades se houver solicitação de administrações regionais”, afirmou.

Com informações da Secretaria de Transporte e Mobilidade.

 

A fim de esclarecer dúvidas e questionamentos a respeito do Direito de Família, a Defensoria Pública do Distrito Federal elaborou uma cartilha com dicas e orientações sobre o tema. O material foi preparado com linguagem acessível, para que todos os leitores e as leitoras possam compreender as informações denotadas.

Como o assunto referido é bastante amplo e complexo, a cartilha destrincha possibilidades de providências previstas por lei. Isto é, o documento aborda o tema trazendo exemplos do cotidiano para ilustrar o funcionamento da legislação.

Vale ressaltar que a atuação da Defensoria Pública busca garantir o acesso à Justiça de pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica, além de atuar em causas extrajudiciais, buscando proteger grupos como crianças, adolescentes, idosos, pessoas com deficiência e outros.

“O direito de família é uma matéria frequente no cotidiano da Defensoria Pública, que atua em variados casos. A cartilha da DPDF propõe a disseminação de informações relevantes, com a apresentação dos principais institutos e direitos relacionados a situações do dia a dia dos assistidos e das assistidas. Com essa iniciativa, pretende-se democratizar o conhecimento dos casos mais comuns do Direito de Família, concretizando a educação em direitos, uma das missões da Defensoria Pública”, destaca o defensor público Guilherme Vieira, responsável pela criação da cartilha.

 Conteúdos da Cartilha

O material criado pela Defensoria Pública do DF contém um índice organizado em categorias, a fim de facilitar e guiar o leitor ao tema de interesse maior. Em mais de 40 páginas recheadas de conteúdo relacionado ao Direito de Família são abordadas questões que variam entre casamento, união estável, relações de parentesco, filiação, alimentos, tutela, curatela e guarda de um indivíduo menor de idade.

Ao tratar de filiação, a DPDF aborda subcategorias relacionadas como o reconhecimento, investigação e negatória da paternidade e/ou maternidade. 

Em outro momento, o texto apresenta pontos pertinentes às necessidades compreendidas para o desenvolvimento do cidadão, como orientações a respeito de alimentação (pensão alimentícia, execução, revisão e exoneração de alimentos), saúde, moradia, educação, dentre outros direitos que garantem uma vida digna. O material engloba, também, orientações sobre os direitos da gestante. 

Em seguida, a cartilha oferece ao público leitor informações curiosas e específicas sobre o vínculo conjugal, sendo estes o casamento, a união estável, o divórcio e a separação judicial. Além disso, são apresentadas dicas sobre divisão de bens, patrimônio e formalização de contrato em cartório.

À diante, estão presentes, além disso, temas relacionados à pós-separação, que reúnem direitos e obrigações alusivos à guarda de uma criança ou adolescente fecham a cartilha. A proposta de apresentar conteúdos sobre o assunto é apurar possibilidades existentes e orientar pais e mães que procuram soluções práticas sobre a criação de um filho ou filha.

Ao fim do documento, a DPDF procurou abordar a “interdição”, que se refere à intervenção judicial quando um indivíduo é considerado incapaz, em razão de vício ou doença. Ademais, é tratada a tomada de decisão apoiada, processo pelo qual a pessoa com deficiência “elege, pelo menos duas pessoas, com as quais tenha vínculo e confiança, para prestar apoio na tomada de decisão sobre atos da vida civil”.

Veja aqui a cartilha na íntegra:

Cartilha:_Vamos_falar_de_família

Fonte: ASCOM/DPDF.


 

 

Este é o terceiro ano em que o GDF une esforços com a sociedade civil para aquecer os que mais precisam.

O inverno começa oficialmente no dia 21 de junho, mas o Distrito Federal já enfrenta baixas temperaturas. Pensando nisso, a Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância, em parceria com a Secretaria de Governo, Vice-Governadoria, Corpo de Bombeiros Militar e Defesa Civil do Distrito Federal, lançou,  nesta segunda-feira (26), a Campanha do Agasalho Solidário 2021.

O objetivo é arrecadar itens de combate ao frio, como cobertores, casacos, meias, luvas e gorros para pessoas em situação de vulnerabilidade social. As doações poderão ser entregues no Palácio do Buriti e no prédio anexo, bem como em todos os Batalhões do Corpo de Bombeiros. A campanha receberá doações até o dia 30 de junho.

De acordo com os protocolos sanitários para evitar a propagação da covid-19, a recomendação é que os donativos sejam lavados e entregues em sacos plásticos para facilitar a identificação e a triagem. Todos as peças serão imediatamente entregues às famílias em situação de vulnerabilidade do Distrito Federal.

Segundo Mayara Noronha Rocha, primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social do DF, estão sendo intensificados os atos de amor ao próximo por meio de campanhas de solidariedade. Com a pandemia, muitas famílias se encontram em situação de vulnerabilidade social, e a campanha vem aquecer aqueles que sentem frio. “Esse é um momento de pensarmos de forma coletiva e, assim, nos mobilizarmos para ajudarmos aqueles que mais precisam”, concluiu Mayara.

Para Anucha Soares, a parceria com o Corpo de Bombeiros Militar e com a Defesa Civil beneficiará o cidadão que quiser realizar a doação próximo de sua residência, já que há batalhões por todo o DF. E com a experiência da Defesa Civil  os donativos serão entregues para aqueles que mais precisam. “Estamos trabalhando de forma integrada para garantir celeridade e resultados à população. Quem tem fome e frio tem pressa”, concluiu Anucha Soares.

Perto de você

“O CBMDF se sente mais uma vez honrado em participar em conjunto com a Subchefia de Políticas Sociais e outras secretarias de Estado desta importante ação solidária. A ajuda ao próximo está no DNA do Corpo de Bombeiros que, por meio dos seus militares e das suas unidades espalhadas por todo o Distrito Federal, poderão auxiliar na promoção da cidadania auxiliando os mais necessitados neste momento de pandemia”, comentou o coronel William Augusto Ferreira Bomfim, comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal.

*Com informações da Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância- Agência Brasília.

Mais uma semana com o SIA em Ação total. Confira as atividades que a Administração do SIA e o GDF Presente, coordenado pelo Polo Central, estão realizando nesta semana, na Poligonal. Esse foi um pedido do Deputado Delmasso, vice-presidente da Câmara Legislativa. 

  • Capina
  • Frisagem
  • Limpeza
  • Operação Tapa-buraco

Confira o cronograma: SIA EM AÇÃO – SOFN

Chamamento público de locação de imóvel, no intuito de abrigar a sede da Administração Regional do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA).

Confira a publicação: Aviso chamamento público.

A Administração do SIA tem a honra de convidá-lo para Audiência Pública Remota para discutir sobre a Realocação do CPP no SIA, agendada para sexta-feira (30/Abr) às 10h.

Entrar na reunião pelo link abaixo, depois informe o ID e senha – Zoom. 
https://cl-df-gov-br.zoom.us/j/2904821982

 ID: 290 482 1982
Senha: 176547

Transmissão ao vivo pela TV WEB e pelo Portal e-Democracia.

No dia 29 de abril, haverá uma Audiência Pública para debater sobre a Ocupação do Solo no Comércio do SIA, através do aplicativo Zoom. A iniciativa é do Deputado Delmasso, vice-presidente da Câmara Legislativa, que é autor do Projeto de Lei Complementar 67/2020. O objetivo é ouvir as principais dificuldades dos empresários e de toda a população da Poligonal do SIA.

O deputado Delmasso afirmou que a proposta apresentada é fruto de anos de estudos e pesquisas sobre o assunto, os quais abordaram a situação atual da ocupação das áreas públicas dos comércios locais. “Estamos fazendo essa audiência para ouvir os empresários. O objetivo é ordenar definitivamente o espaço público, uma vez que atualmente não existem parâmetros a serem seguidos pelos comerciantes”, disse.

A Administradora do SIA, Luana Machado, agradeceu pela audiência na Região. ”Essa é uma forma de buscar as soluções para os problemas que os empresários enfrentam diariamente. Eles são essenciais para o crescimento da nossa cidade”, disse.

A ocupação, por concessão de uso das áreas públicas próximas às lojas situadas no comércio local, será disciplinada da seguinte maneira:

As áreas públicas situadas nos Trechos 1, 2, 3 e 4, serão permitidos ocuparem, entre 1.000 e 20.000 metros quadrados, a partir do limite das lojas registrado em cartório; As áreas situadas nas Quadras 3C a 5C serão permitidos ocuparem entre 100 e 8.000 metros quadrados, a partir do limite das lojas registrado em cartório.

 As áreas públicas situadas no Setor de Transportes Rodoviários e Cargas (STRC), serão permitidos ocuparem entre 500 e 12.000 metros quadrados, a partir do limite das lojas registrado em cartório. As áreas cuja ocupação por mesas e cadeiras for permitida serão delimitadas por separadores físicos removíveis, apenas durante o horário de funcionamento do estabelecimento.

Confira o Projeto de Lei Complementar: PLC 67-2020.

 

EventoAudiência Pública para debater sobre a Ocupação do Solo no Comércio do SIA

Data: 29-04-2021.

Horário: 10h

Via Zoom (ID da reunião): 290 482 1982.

 

 

Nessa terça-feira (23), a Administradora do SIA, Luana Machado, fez uma visita à BR Distribuidora, no Setor de Inflamáveis. Ela conversou com a Superintendente da Base de Brasília, BR Distribuidora, Ana Paula Lessa e o funcionário Gesivaldo Lopes sobre as demandas da Região. Dentre elas: a instalação de quebra molas para reduzir a velocidade dos veículos e revitalização das sinalizações horizontais e verticais, para a segurança da população.

Melhor qualidade de vida e segurança para a população

Em dias de chuva, os trabalhadores do Setor de Armazenagem e Abastecimento Norte (SAAN) não tinham onde se abrigar na espera pelo transporte público. Pensando nisso, a Administração do SIA solicitou à Secretaria de Mobilidade a construção de dois abrigos de passageiros de ônibus, com acessibilidade para as pessoas com deficiência, nos trechos 1 e 3 do SAAN. As obras começaram no dia 25 de fevereiro e já foram finalizadas, com recursos da Secretaria de Mobilidade.

A Cozinheira Marileia Chaves, que trabalha na Região, agradeceu a Administração do SIA e a Secretaria de Mobilidade pela ação. “Em dias de chuva e sol forte era muito complicado, porque a gente não tinha aonde se abrigar. Muito obrigada”, comemora.

A Administradora do SIA, Luana Machado, afirmou que essa é uma reivindicação antiga dos comerciantes do local. “Estamos trabalhando para trazer mais conforto e qualidade de vida para a população. Essa foi uma grande conquista!”, disse.

A Administração Regional informou que serão construídos mais 11 abrigos de passageiros de ônibus no Setor de Cargas: nos trechos 01, 2 e 4, no Centro de Vivência, na Área Especial 10, no Setor de Inflamáveis (SIN) e no trecho 10 do SIA. As obras serão no valor de R$ 100 mil, através de emenda do Deputado Delmasso. O valor da emenda já foi liberado e a previsão para o início das obras é maio deste ano.

Prestação de contas ✅

1 Ano da Nova Gestão no SIA (março 2020 a março 2021)

  • R$ 1 milhão e 650 mil em iluminação e R$ 350 mil em câmeras de videomonitoramento (Emenda do deputado Delmasso)
  • Quase 2.000 pessoas fizeram o teste rápido para a Covid-19 na Administração
  • Mais de 3.000 máscaras de proteção entregues à população 
  • 1.500 brinquedos e mais de 100 livros infantis entregues às crianças carentes
  • Quase 200 cachorros e gatos vacinados contra a raiva
  • 905 caçambas de entulhos retirados das ruas
  • 156 toneladas de massa asfáltica na Operação Tapa-buraco
  • Quase 1.300 bocas de lobo desobstruídas
  • Construção de Abrigos de Passageiros de Ônibus no SAAN
  • 100% das demandas atendidas
  • Ações de combate ao mosquito da dengue
  • Distribuição de cestas básicas às famílias carentes
  • Projetos de acessibilidade 
  • Zeladoria dos setores 
  • Ações em conjunto ao Comitê de Áreas Integradas de Segurança Pública (aumentar a segurança da população)
  • Reuniões com Conselho Tutelar 
  • Treinamentos para capacitação dos servidores da Administração para melhor servir a população 
  • Podas de árvores para prevenção de acidentes 
  • Retirada de carcaças 
  • Vacinação H1N1

       

A Administração Regional está realizando o atendimento via agendamento presencial, dentro das normas sanitárias estabelecidas pelo GDF. Confira abaixo os nossos e-mails para contato. 

Assuntos relacionados aos quiosques e às feiras: diart@sia.df.gov.br
 

Assuntos relacionados às empresas (área pública, viabilidade, alvarás, engenho publicitário, food trucks, ambulantes e correlatos): natan.diogenes@sia.df.gov.br
 

Demais serviços: protocolo@sia.df.gov.br

Atenção, comerciantes, MEI e feirantes, a Administração do SIA, junto com o SEBRAE, está oferecendo uma grande oportunidade! Teremos o nosso curso de comunicação visual: PRESENÇA DIGITAL DO ZERO (WhatsApp, Instagram e Facebook). Será um curso gratuito e online. As inscrições estão abertas e  encerram no dia 4 de março. 

Link para inscrição

 https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSe3x9RKB79IDdHLldTBm3CVFx-8tDx64gM9dg51xWDnUtIo2Q/viewform

Podem participar da formação ofertada pela FUNAB servidores estáveis do Distrito Federal com ensino superior completo que façam parte do banco de instrutores da Escola de Governo – EGOV. Resultados serão divulgados no Dia 26 de fevereiro 

A Fundação Universidade Aberta do Distrito Federal – FUNAB abre seleção para o “Curso de  Formação Inicial em Metodologias Ativas – Aprendizagem Baseada em Problemas”. As inscrições acontecem exclusivamente pelo link inscricao.funab.edu.br, de 10 a 24 de fevereiro. Podem se candidatar às vagas servidores públicos estáveis do Distrito Federal regidos pela Lei Complementar nº 840/2011 que contem  com ensino superior completo e façam parte do banco de instrutores da Escola de Governo – EGOV. As aulas serão ministradas em ambiente 100% virtual. O resultado oficial da seleção será divulgado na página da Fundação, no dia 26 de fevereiro.

 

A formação será realizada entre os dias 01 de março e 01 de abril, de segunda a sexta-feira, das 19h às 22h30 e, aos sábados das 8h30 às 12h. Serão ofertadas 75 vagas para o curso, que contará com certificação de 85 horas-aula. As ferramentas digitais utilizadas para o curso são as plataformas Jitsi, Google Meet e Classroom. Para obter a certificação é necessário que os participantes tenham o registro de 75% de presença nas aulas, além de aprovação na avaliação final do curso.  

Mais sobre as Metodologias Ativas

Nesse processo de “ensinagem”, o estudante é o personagem principal e maior responsável pelo processo de aprendizagem, diferente dos modelos conhecidos e tradicionais. Sendo assim, o objetivo desse modelo de ensino e aprendizagem é incentivar que a comunidade acadêmica desenvolva neles a capacidade de aprender a aprender de maneira autônoma e participativa. Incita a formação profissional baseada em práticas desenvolvidas a partir do diálogo com o mundo do trabalho.

Mais sobre a FUNAB

A criação da Fundação Universidade Aberta do Distrito Federal – FUNAB foi autorizada pela Lei nº 5.141, de 31 de julho de 2013. Ela materializa o esforço de constituição e ampliação de uma política de educação superior pública em nível distrital, colocando a instituição na qualidade de mantenedora dessa oferta, com a finalidade de ministrar educação superior, desenvolver pesquisas e promover atividades de extensão universitária. A atuação da FUNAB se orienta a partir das necessidades do DF/ RIDE e prioriza a inclusão daquelas localidades com menor acesso à educação superior pública.  Confira mais em: http://www.funab.se.df.gov.br/

 

Serviço

Inscrições para o Curso de Metodologias Ativas

Período: De 10 a 24 de fevereiro  

Link para inscrição: inscricao.funab.edu.br

Divulgação do resultado: 26 de fevereiro

Contato: (61) 98292-8194

ascom.funab@gmail.com

Em decorrência à transição contratual de novas linhas telefônicas, o atendimento à comunidade será realizado, de forma temporária, apenas pelo telefone: (61) 99361-6697.

A equipe técnica trabalha para que a normalização seja retomada o quanto antes. Informamos que o atendimento presencial ocorre normalmente.

 

Contatos via e-mail para atendimento:

Ouvidoria

162 ou www.ouv.df.gov.br ou aplicativo e-Cidades, opção "Ouvidoria"

 

 Protocolo

protocolo@sia.df.gov.br ou via aplicativo pelo e-Cidades.

 

Diretoria de Obras:

fernando.dias@sia.df.gov.br

 

Gabinete

 gleyson.passos@sia.df.gov.br

 

Gerência de Pessoas

luiz.gustavo@sia.df.gov.br

A Administradora do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), Luana Machado, recebeu nesta segunda-feira (8) a visita dos Secretários de Governo, José Humberto Pires, e das Cidades, Valmir Lemos. Além de fazer um balanço das principais realizações em 2020, os Secretários verificaram as necessidades da Administração Regional para o melhor atendimento das demandas da comunidade.

O Secretário de Governo, José Humberto Pires, explicou que tem realizado visitas em todas as RA’s com a finalidade de levantar os pedidos das Administrações e articular com os órgãos de Governo a solução das demandas existentes. “Queremos que 2021 seja um ano de muitas conquistas. Vocês vão ver muitas coisas boas nesta cidade”, disse.

Valmir Lemos, Secretário Executivo das Cidades afirmou que as visitas têm sido uma ótima oportunidade de ver de perto o que cada RA precisa. “O objetivo da visita foi alinhar as ações e fortalecer o papel da Administração Regional na vida da população. Essa relação aproxima o trabalho entre os órgãos do GDF e o compromisso do servidor público com a nossa cidade”, destaca.

A Administradora do SIA, Luana Machado, apresentou aos Secretários os projetos que estão em andamento na Região. “Agradecemos aos Secretários pela visita, que é um alinhamento de todos os projetos para 2021”, relatou.

Dentre as ações para este ano estão: abrigos de ônibus em 11 pontos da Poligonal, acessibilidade nos trechos 6, 7 e 8, requalificação nos passeios públicos, próximo aos órgãos públicos com acessibilidade nos trechos 2/3 e 3/4, construção de uma nova Feira no trecho 7, construção de creche no trecho 17, estacionamentos nos trechos 4, 5 e 6, quadras 3C e 5C e Transbordo no trecho 17.

Nesta sexta (05), a Administradora do SIA, Luana Machado, e a sua equipe se reuniram com o Engenheiro da Secretaria de Educação, Bruno Duarte e a Arquiteta Flávia Sousa, para tratar sobre a construção de uma creche no SIA. Os recursos estão garantidos pelo FNDE e o valor investido será de R$ 2 milhões e 700 mil.

O local atenderá 376 crianças e a previsão para o início da construção é no primeiro semestre deste ano. Os recursos foram viabilizados através do  Deputado Delmasso, Vice-presidente da Câmara Legislativa e do Deputado Federal Júlio César.

O sonho da Administradora Regional é deixar uma creche para atender as mães que trabalham na Região e não tem com quem deixar os seus filhos.

A Administração Regional, em parceria com a Vigilância Ambiental, fez a inspeção de muitos locais em 2020

As ações de combate à dengue no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) são constantes. Em boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde no dia 29 de janeiro constatou que a Região não apresenta registro de casos de dengue. O documento apresenta dados avaliados entre os dias 03 a 16 de janeiro de 2021. Em 2020, também não houve casos de dengue na cidade. As equipes realizaram as inspeções no Setor de Chácaras Aschagas, na Secretaria de Justiça, no Shopping Popular, SIA, SAAN e SOF Norte. Os agentes colocaram inseticidas nas bocas de lobo para matar o mosquito transmissor da dengue.

Esse resultado é devido às ações do Governo do Distrito Federal na Região. A Administração Regional do SIA, em parceria com a Diretoria de Vigilância Ambiental (DIVAL), fizeram a inspeção de diversos locais no ano passado. Além da vistoria de vasos de plantas, ralos, vedação correta das caixas d'água, piscinas, calhas, entre outros potenciais criadores do mosquito Aedes aegypti e, se necessário, aplicam medicamentos específicos para tratamento dessas áreas e prevenção. Comprovada situação mais grave, a Vigilância Ambiental encaminha o relatório para os órgãos de fiscalização.

A Administração Regional também faz a campanha de conscientização nas redes sociais do órgão. “Junto com a equipe da Vigilância Ambiental, fizemos muitas inspeções de combate à dengue. Agradeço ao Governador Ibaneis Rocha pelo apoio neste trabalho que é essencial para a saúde da população. Mesmo sem registro de moradores, nos empenhamos para preservar a saúde dos comerciantes e de toda a população que frequenta a nossa Poligonal”, afirmou a Administradora Regional, Luana Machado.

Sintomas da dengue

Os principais sintomas típicos da dengue são febre alta, náusea, vômito, manchas avermelhadas pelo corpo, dor de cabeça, dor no corpo, dor em volta dos olhos e sinal de sangramento. Diante desses sintomas, o paciente deve buscar atendimento em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima.

 

Nesta sexta (29), o Governador do DF, Ibaneis Rocha, junto com o Secretário de Governo, José Humberto Pires, o Secretário de Obras, Luciano de Oliveira e a Administradora do SIA, Luana Machado, foram acompanhar as obras de drenagem de águas pluviais, na Rota de Segurança, no Setor de Inflamáveis.

A ação vai ajudar muito no deslocamento de caminhões em toda a região. E também vai melhorar a segurança, pois em caso de acidentes, possibilitará o acesso às viaturas de emergência, que poderão chegar com mais facilidade e agilidade no local.

Também estiveram presentes no local: o Subsecretário de Acompanhamento e Fiscalização de Obras (SUAF), Ricardo Cardoso e a coordenadora do Polo Central 2, Vânia Gurgel.

O Subsecretário de Acompanhamento e Fiscalização de Obras (SUAF), Ricardo Cardoso, afirmou que 95% da drenagem de águas pluviais já foram executadas. “Está sendo finalizada a Lagoa de Captação. O Secretário de Governo, José Humberto Pires, destinou força total às equipes de obras da Rota de Segurança. A previsão da conclusão das obras será em julho deste ano. O valor do investimento é de R$ 12 milhões”, disse.

“A construção da Rota de Segurança vai ajudar na evacuação mais rápida dos carros, prevenindo acidentes no setor. Esta obra vai desafogar o trânsito e facilitar o tráfego dos caminhões”, ressalta a Administradora Luana Machado.

A obra faz parte do plano de investimentos para melhorias no fornecimento de energia do Distrito Federal

A Companhia Energética de Brasília (CEB) inaugurou, nesta terça-feira (26/1), uma subestação no Setor de Indústrias e Abastecimento (SIA). A obra faz parte do plano de investimentos para melhorias no fornecimento de energia do Distrito Federal. Localizada próximo ao trecho 1,  a estrutura já recebeu R$ 13 milhões de investimento e trará regularidade à distribuição elétrica da região.

A nova estrutura, chamada de SE 08, irá atender a mais de 12 mil unidades consumidoras de energia elétrica, recebeu um aporte de R$ 13 milhões e gerou 75 empregos diretos e cerca de 225 indiretos. A cerimônia contou com a presença do Vice-Governador do DF, Paco Britto, a Administradora do SIA, Luana Machado e o Diretor-Geral da CEB Instituição, Edison Garcia.

O Diretor-Geral da CEB Distribuição, Edison Garcia, afirmou que a subestação é muito importante para os empresários e aqueles que precisam da energia para tocar o seu negócio. “Esse investimento dará uma melhoria no fornecimento de energia na região, dando mais autonomia e confiabilidade. Estamos com equipamentos novos e modernos. Parabéns a toda a comunidade do SIA e à Administração do Regional pelo excelente trabalho”, disse.

Segurança com modernidade para o empreendedor

Com exceção dos transformadores de força, todos os demais equipamentos instalados na subestação são novos. Isso irá trazer mais modernidade à estrutura, dando maior robustez ao sistema elétrico. O pátio de manobra terá uma nova configuração, com a aplicação de cubículos blindados e abrigados, garantindo uma maior proteção em relação às intempéries, como chuvas.

A Administradora do SIA, Luana Machado, agradeceu à CEB pela entrega da Nova Subestação. “A CEB é a nossa parceira e tem trabalhado com excelência na nossa região. A Nova Subestação vai fornecer energia de qualidade aos empresários, atraindo novos negócios e gerando empregos no DF”, concluiu.

*Com informações da CEB.

Processo seletivo será realizado on-line e conta com 2,6 mil vagas

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo de estágio no Governo do Distrito Federal (GDF). São 2.629 vagas disponíveis para estudantes de Ensino Médio e Superior, que podem se inscrever até o dia 2 de fevereiro. Para evitar riscos por causa da pandemia do novo coronavírus, tanto a inscrição ser quanto as provas serão feitas de forma digital.

Os interessados deverão se inscrever no site do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), empresa vencedora da licitação, para participar de uma prova objetiva. O processo seletivo é coordenado pela Secretaria de Economia, que encaminha os estagiários para os diversos órgãos do GDF — o processo unificado permite a contratação com maior agilidade e transparência.

Os aprovados formarão cadastro de reserva e serão convocados conforme a necessidade dos órgãos, em uma das regiões administrativas que indicarem no momento da inscrição.

Para realizar sua inscrição no processo seletivo, o candidato deverá acessar o site do CIEE clicar no acesso para “estudantes”, localizar na lista de “processos seletivos” o logotipo do GDF/SEEC e clicar no link CIEE.

O CIEE é uma associação civil de direito privado, sem fins lucrativos e de fins não econômicos, reconhecida como entidade de assistência social que, por meio de diversos programas, dentre eles o de aprendizagem e o estágio de estudantes, possibilita aos adolescentes e jovens uma formação integral, ingressando-os ao mundo do trabalho.

Veja aqui o edital

Quem pode concorrer

Para participar do processo seletivo, os estudantes devem estar matriculados em instituições públicas ou privadas, com frequência efetiva nos cursos de Ensino Médio ou Superior, reconhecidos pelo Ministério da Educação.

Na data do início do estágio, o estudante deve ter idade mínima de 16 anos completos e não ter estagiado no GDF por um período superior a 24 meses. A jornada de trabalho é de quatro horas diárias ou 20 horas semanais.

Para os estagiários de nível superior, o valor da bolsa-auxílio é de R$ 600,00. Já para os estudantes de nível médio, a quantia é de R$ 460,00. Além da bolsa, os estagiários recebem auxílio-transporte, no valor de R$8,00/dia estagiado.

Fonte: Secretaria de Economia.

Foram utilizadas três toneladas de massa asfáltica no local

Nesta sexta-feira (22), a Administradora do SIA, Luana Machado e a sua equipe, junto com o Presidente da Central de Abastecimento do DF (CEASA), Sebastião Márcio, foram acompanhar as obras de Tapa-buraco na CEASA. Foram utilizadas três toneladas de massa asfáltica no local. A obras foram realizadas pela Administração Regional e NOVACAP.

O Presidente da Central de Abastecimento do DF (CEASA), Sebastião Márcio, agradeceu à Administração pelas obras. “Essa recuperação do asfalto é muito importante pelo intenso tráfego de veículos grandes e veículos de passeio, principalmente nos maiores dias de comercialização. Um asfalto irregular dificulta o trabalho para os carregadores. Obrigada Administração do SIA E NOVACAP”, finalizou.

A Administradora do SIA, Luana Machado, disse que essas obras são muito importantes para a população que frequenta a CEASA e os comerciantes. “Estamos trabalhando para deixar o SIA cada vez mais bonito e melhorar a qualidade de vida das pessoas. Quero agradecer à NOVACAP pelo apoio e à CEASA, que tem sido a nossa parceira sempre”, concluiu.

Mais benefícios para a população

Nesta terça (19), a Administradora do SIA, Luana Machado, junto com a Coordenação do Polo Central 2 e a Secretaria de Governo, foram verificar o andamento das obras no SIA. O objetivo principal desse levantamento, por determinação do Secretário de Governo, José Humberto, é verificar se as obras estão sendo executadas na cidade. O Mercado do Peixe de Brasília e o Posto de Brigadistas da Central de Abastecimento do DF (Ceasa) já foram revitalizados.

O Assessor da Unidade de Projetos Especiais da Secretaria de Governo, Welington Pereira, disse que o levantamento de obras é para saber se estão sendo executadas na cidade. ”Quanto mais obras concluídas, mais benefícios para a população, porque não é vantagem começar uma obra e não terminar. São obras importantes de infraestrutura, água e esgoto, pavimentação asfáltica, construções de UPAS, Unidades Básicas de Saúde, entre outras”, afirmou.

A Administradora do SIA, Luana Machado, agradeceu o apoio do Secretário de Governo, José Humberto, da coordenadora do Polo Central 2, Vânia Gurgel e da equipe da Secretaria de Governo. “Agradecemos essa parceria de sempre e estamos trabalhando muito para entregar todas as obras para os comerciantes e quem frequenta a nossa cidade”, concluiu.

Grupo será formado nos próximos dias e começará ações ainda em janeiro, com foco na capacidade logística para a imunização

A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) criou a Comissão Especial de Vacinação para fiscalizar a imunização contra o novo coronavírus em Brasília. Os parlamentares estão preocupados com a estrutura e logística.

No exercício da presidência da Casa, o vice-presidente Rodrigo Delmasso (Republicanos), assinou, nesta sexta-feira (8/1), o ato para formação da comissão. O documento será publicado em breve no Diário da CLDF.

A comissão será formada por cinco parlamentares e seus respectivos suplentes. Os blocos com maior peso no Legislativo distrital terão poder para a indicação dos nomes. Segundo Delmasso, os trabalhos devem começar ainda em janeiro.

Vacinação voluntária

Caso seja aprovado pelo bloco DF Acima de Tudo, do qual faz parte, Delmasso pretende participar da comissão. Ele defende a vacinação voluntária, embora ressalte que a imunização é a maior arma contra o vírus.

“O nosso objetivo é poder auxiliar o governo a cumprir todas as etapas do plano e começar, o mais rápido possível, a imunização do nosso povo. A meta é vacinar toda a população. Acredito que, voluntariamente, as pessoas devem procurar o serviço de saúde”, assinalou.

Logística

Para Delmasso, é necessário acompanhar a capacidade logística da rede pública. “Até porque há mais de três milhões de pessoas que precisam ser imunizadas, para que a gente possa declarar logo a saída da pandemia no DF”, pontuou.

Urgência

Para o deputado distrital Fábio Felix (PSol), primeiro signatário do pedido de criação da comissão, a instauração do grupo de fiscalização é urgente.

A comissão deve acompanhar desde a compra de insumos básicos – como seringas e agulhas – até a preparação de toda a rede pública de saúde para o início da vacinação. “A gente sabe que vão ter muitos problemas ao longo desse processo. Porque o Brasil e o DF estão muito atrasados no planejamento”, criticou.

Fonte: Metrópoles.

O objetivo da reunião foi a apresentação da Coordenação da Regional do Polo Central 2

Nesta quinta (7), a Administração do SIA recebeu o Secretário das Cidades, Valmir Lemos, para apresentação da Coordenadora Regional do Polo Central 2, Vânia Gurgel, às Administrações Regionais do DF. A Coordenação abrange o SIA, Guará, Candangolândia, Bandeirante e Park Way. O objetivo é dar apoio e articular as demandas da cidade, fazendo gestão junto com os Administradores Regionais.

A Coordenadora Regional será a porta-voz das Regiões Administrativas junto ao Governo do Distrito Federal, através da Secretaria da Cidades. A Administradora do SIA, Luana Machado, elogiou a iniciativa. “Agradecemos ao Governador Ibaneis, que sempre nos deu todo o suporte necessário para atender à população. Ter um Coordenador mais próximo de nós facilita muito o nosso trabalho na região”, destacou. 

O Secretário Executivo das Cidades, Valmir Lemos, explicou como será o trabalho com as Administrações. “O objetivo estabelecido pelo Governador Ibaneis Rocha e pelo Secretário José Humberto é aproximar as Administrações da Gestão Central por meio das Coordenações. Os Coordenadores são pessoas que desenvolverão funções de articulação e vão nos ajudar a facilitar o trabalho entre as Administrações e entre o Governo e todas as Agências do Estado”, relatou.

No primeiro contato com os Administradores, a Coordenadora Regional do Polo Central 2, Vânia Gurgel se colocou à disposição para agilizar demandas junto aos órgãos do GDF. “O nosso objetivo é ajuda-los para que os pedidos sejam atendidos com mais rapidez e eficiência. Podem contar comigo sempre. Estou à disposição de vocês para trabalharmos juntos”, disse.

Também participaram da reunião o Administrador Regional da Candangolândia, José Luiz Rodriguez, a Chefe de Gabinete da Administração do Guará, Vanessa Gama, o Diretor de Obras da Administração do Guará, Ighor Lima, a Assessora da Secretaria das Cidades, Débora Marques, o Coordenador de Licenciamento (COLIC) da Administração do Núcleo Bandeirante, Cassio Ribeiro, o Chefe de Gabinete da Administração do Park Way, Ronnie Cezar de Lima, a Coordenadora Executiva da Administração do SIA, Alcineide Barros, o Assessor de Gabinete da Administração do SIA, Gleyson Passos e o Diretor de Obras da Administração do SIA, Fernando Fernandez.

Mais segurança e economia para a população

Nesta quinta, o Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) recebeu um grande presente: iniciaram as obras de iluminação na quadra 1C. Toda a cidade receberá a nova iluminação de LED e serão 1.884 luminárias, com economia de até 50% na conta de energia. As obras trazem mais segurança para a população e inibe as ações de bandidos. Foram utilizados R$ 1 milhão e 650 mil, através de emenda parlamentar do deputado Delmasso (Republicanos).

A iluminação de LED (luz branca) possui inúmeros benefícios em comparação às lâmpadas de luz amarela de vapor de sódio. Além de gerar economia de energia para o GDF, também possui maior luminosidade e nitidez de visão para pedestres e motoristas. 

De acordo com a Administradora do SIA, Luana Machado, a luminária é muito mais econômica. “A obra traz muita segurança para os comerciantes e empresários. Queremos agradecer a CEB, ao deputado Delmasso e a Secretaria de Obras por esse projeto”, comemorou.

Segundo o presidente da Feira dos Importados, Bebeto Soares, a iluminação é de grande importância para o local. “A Feira estava carente de uma iluminação melhor. Estavam tendo muitos assaltos e essa iluminação vai trazer mais segurança para os feirantes”, relatou.

O deputado Delmasso afirmou que a iluminação é sinônimo de segurança. “Antes os empresários tinham receio de abrir à noite por medo. A cidade ganha muito e os empresários vão ver que a troca das lâmpadas vai melhorar a segurança”, disse.

Nesta sexta, a Administradora do SIA, Luana Machado, esteve no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e já saiu com  uma grande conquista: a construção da primeira creche no SIA. Os recursos estão garantidos pelo FNDE e o valor investido será de R$ 2 milhões e 700 mil.

O local atenderá 376 crianças e a previsão para o início da construção é 2021. O recurso foi viabilizado através do vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso e do deputado federal Júlio César. Esse é um sonho da Administradora para ajudar as mães que trabalham no SIA.  

Estiveram presentes: o presidente do FNDE, Marcelo Lopes da Ponte, o vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso, o deputado federal Júlio César, a administradora do Guará, Luciane Quintana, o Coordenador da Regional de Ensino do Guará, Leandro Andrade, a diretora de Gestão de Fundos e Benefícios do FNDE, Renata D'Aguiar e o Diretor de Gestão, Articulação e Projetos Educacionais do FNDE, Gabriel Vilar.

Nesta semana, a Administração do SIA realizou a Operação Tapa-Buraco nos trechos 3 e 17 e na Feira dos Importados. As ações foram realizadas através das indicações 5.198/2020 e 5.206/2020, de autoria do vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso. No documento, o distrital solicitou à Administração Regional as obras de melhoria.   

A Administração fez um levantamento dos locais que precisam de asfalto novo, através do programa Buraco Zero. A Administradora do SIA, Luana Machado, afirmou que as ruas esburacadas causam diversos problemas à comunidade. “Esse é um serviço público essencial para a segurança e bem estar de quem frequenta a cidade”, disse.

Tapa-buraco no trecho 3

Tapa-buraco no trecho 17

 

Confira as indicações: 

IND 5.198/2020

IND 5.206/2020 

Melhoria da qualidade de vida da população

Uma das reivindicações dos trabalhadores do Setor de Armazenagem e Abastecimento Norte (SAAN) é a revitalização do asfalto. Hoje eles têm motivos para comemorar! O programa GDF Presente, coordenado pelo Polo Central, iniciou hoje a Operação Tapa-Buraco na quadra 1, do SAAN. A Companhia Urbanizadora da Nova Capital (NOVACAP), junto com a Administração do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), realizou as obras no local.

A Administração Regional fez um levantamento dos locais que precisam de asfalto novo, através do programa Buraco Zero. O pedido da troca do asfalto foi feito através da indicação 5.220/2020, de autoria do vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso. No documento, o distrital solicitou à Administração Regional as obras de melhoria.   

A Administradora do SIA, Luana Machado, afirmou que as ruas esburacadas causam diversos problemas à comunidade. “Esse é um serviço público essencial para a segurança e bem estar de quem frequenta o SAAN”, disse.

A empresária Janete Vaz falou sobre a importância das obras para as pessoas que trabalham na região. “É o que a gente precisa para o crescimento da cidade, e merece esse olhar para melhorar a qualidade de vida de quem trabalha no SAAN”, concluiu.

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) do Distrito Federal iniciou, em 19.08, o cadastramento para os usuários da Lei 14.017,  conhecida como Aldir Blanc). Serão dois cadastros distintos. O Cadastro 01 refere-se à pessoa física, enquanto o Cadastro 02 é destinado aos espaços culturais, coletivos, empresas do setor, etc.

“Estamos focados na importância da destinação da Lei Aldir Blanc desde o momento em que foi promulgada pelo governo federal. Na Secretaria de Cultura, esse tema tornou-se tão emergencial quanto a chegada do recurso à mesa do trabalhador da cultura”, disse o secretário, Bartolomeu Rodrigues.

Os formulários são simples e preenchidos passo a passo. O  preenchimento, no entanto, não garante o benefício. Será necessário que esses dados sejam cruzados com a Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência, vinculada ao Ministério da Economia) para se verificar a validação do CPF dentro das regras exigidas na Lei para cada linha.

Inscreva

Cadastro 1- Pessoa Física 

Caso queira preencher o formulário sem a versão online, baixe o documento Formulário-Linha-1-Lei-Aldir-Blanc-Versão-Final e envie assinado para o e-mail: cadastros.df.leialdirblanc@gmail.com com os respectivos documentos anexados.

Cadastro2 Empresas, coletivo e espaços 

Caso queira preencher o formulário sem a versão online, baixe o documento Formulário- Linha- 2- Lei- Aldir- Blanc- Versão- Final  e envie assinado para o e-mail: cadastros.df.leialdirblanc@gmail.com com os respectivos documentos anexados.

A Secec realiza desde julho a série Escuta Aldir Blanc, que são rodas de conversas com diversos segmentos da economia criativa, recolhendo diversas sugestões. Além disso, abriu Consulta Pública para recolher sugestões para as linhas 2 e 3.

A LEI

A Lei federal 14.017/2020, conhecida como Lei Aldir Blanc, tem como objetivo central estabelecer ajuda emergencial para artistas, coletivos e empresas que atuam no setor cultural e atravessam dificuldades financeiras durante a pandemia.

Em homenagem ao compositor e escritor Aldir Blanc, que morreu em maio, vítima da Covid-19, o projeto vem para socorrer profissionais e espaços da área que foram obrigados a suspender seus trabalhos.

De acordo com a lei, o recurso total de R$ 3 bilhões será distribuído de forma que 50% do valor sejam destinados aos estados e ao Distrito Federal – deste montante, 20% serão distribuídos segundo critérios do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e os outros 80% serão alocados proporcionalmente entre a população local. A outra metade, por sua vez, será destinada aos municípios e ao DF, obedecendo aos mesmos critérios de rateio. O valor destinado ao DF é de R$ 36,9 milhões.

Caberá aos estados, ao DF e aos municípios o pagamento dos benefícios, a organização de editais, a distribuição dos recursos e o cadastramento dos beneficiados. Nesse sentido, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) será a responsável pela alocação do montante destinado ao Distrito Federal.

Os beneficiários

A Lei prevê três linhas de ações emergenciais, cujos beneficiários dividem-se em artistas e espaços artísticos. Para além desta iniciativa, a lei prevê ainda linhas de créditos para fomento em atividades culturais.

Linha 1 – Auxílio emergencial: três parcelas mensais de R$ 600.

Essa linha é destinada a pessoas físicas que comprovem atividades culturais nos 24 meses anteriores à data de publicação da Lei. Mães solo recebem R$ 1.200.

O auxílio emergencial, no entanto, não pode ser pago a:

a) Quem tem emprego formal ativo

b) Quem recebe um benefício previdenciário ou assistencial (com exceção do Bolsa Família)

c) Quem recebe parcelas de seguro-desemprego.

d) Quem recebeu o auxílio emergencial geral previsto na Lei nº 13.982, de 2 de abril de 2020.

e) Quem tem renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou quem tem renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135), o que for maior.

f) Quem teve rendimentos de até R$ 28.559,70 no ano de 2018.

Importante: Os R$ 600 podem ser pagos a até duas pessoas da unidade familiar.

Linha 2 – Subsídio a espaços artísticos e culturais: entre R$ 3 mil e R$ 10 mil, regulamentado pelos estados, municípios e pelo DF.

Essa linha foi criada em atenção aos espaços culturais, microempresas, coletivos, pontos de cultura, cooperativas, teatros, livrarias, sebos, ateliês, feiras, circos, produtoras de cinema, e várias outras categorias.

Para poder receber o valor, os beneficiários precisam estar inscritos em pelo menos um cadastro de projetos culturais do Distrito Federal.

Os beneficiários desta iniciativa precisam oferecer contrapartidas com atividades gratuitas. Será necessário prestação de contas do auxílio recebido em até 120 dias após a última parcela paga.

Linha 3 – Editais, chamamentos públicos e prêmios: destinados a atividades, produções e capacitações culturais

A Lei exige que, no mínimo, 20% dos recursos recebidos sejam usados em ações como custeio de editais, chamadas públicas, cursos, prêmios e aquisição de bens e serviços vinculados ao setor cultural, entre outras atividades.

CRÉDITOS FACILITADOS

A lei prevê ainda que instituições financeiras federais disponibilizem aos trabalhadores e trabalhadoras do setor cultural linhas de crédito para fomento de atividades culturais, compra de equipamentos e renegociação de dívidas.

Os empréstimos terão de ser pagos em até 36 meses, reajustados pela taxa Selic, a partir de 180 dias depois do final do estado de calamidade pública.

As empresas que quiserem as linhas de crédito precisam se comprometer a manter os empregados que tinham quando o estado decretou calamidade pública e fechou os equipamentos culturais para público.

Perguntas mais Frequentes 

O que falta para que os recursos de R$ 36,9 milhões cheguem ao DF?

O governo federal regulamentou a Lei em 17 de agosto e determinou que os estados e municípios criassem suas regras para as linhas 2 (coletivos, espaços teatrais, microempresas, etc.) e 3 (editais propostos com 20% do valor devido). No caso do DF, faremos simultaneamente essas duas propostas, que serão publicadas numa Portaria ampliada da Aldir Blanc.  A partir desse regramento, o DF vai registrar o seu Plano de Ação no Ministério do Turismo, que, após análise e aprovação, dará status de liberação para o repasse dos recursos, previstos para a segunda quinzena de setembro.

E quando o Distrito Federal vai entregar ao Ministério do Turismo o seu Plano de ação para o repasse da lei Aldir Blanc?

Com o intuito de atender ao setor cultural e à formatação do plano de ação, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF instituiu na última semana uma consulta pública, para que a sociedade civil pudesse contribuir com sugestões de como melhor aplicar os recursos das linhas 2 (espaços culturais) e 3 (editais). Essa consulta foi encerrada no dia 30.08 e a equipe da Secec trabalha para consolidar essas informações. Hoje (01.09), em reunião com o Comitê Consultivo da Lei Aldir Blanc, formado por membros do governo e da sociedade civil, a Secec consolida as linhas 2 e 3, e logo em seguida o plano de ação será encaminhado ao Ministério do Turismo. Os pagamentos serão efetuados tão logo os recursos sejam repassados, por isso iniciamos com antecedência os cadastros.

 

Como está o processo de cadastramento?

Estamos desde o dia 19 de agosto com os dois cadastros abertos em nosso site www.cultura.df.gov.br.

São cadastros para a Linha 1 de pessoa física, que até hoje, já tem mais de 1200 pessoas cadastradas, e da Linha 2 de espaços culturais, microempresas de cultura, coletivos, circos, etc. com 370 cadastrados.

São cadastros de simples preenchimento. Temos passo a passo explicativo no site. Já temos uma equipe trabalhando nele, verificando os documentos e abrindo diligências se houver necessidade.

Os que tiverem em condições dentro do que regula a Lei serão cadastrados pela Secretaria na plataforma do Ministério do Turismo, que fará cruzamentos com a Dataprev e aprovará ou não o valor devido de pagamento.

Os beneficiários receberão ordem de pagamento para sacar no Banco do Brasil.

 

 Só os trabalhadores e trabalhadoras da cultura que possuem Cadastro de Ente e Agente de Cultura (CEAC) poderão se inscrever?

Não. Qualquer profissional que atue no setor cultural pode se cadastrar para receber o auxílio emergencial de R$ 600 ou R$ 1.200 (mães solteiras), desde que obedeçam aos critérios estabelecidos na Lei 14017. No caso de espaços culturais (que não possuam gestão do poder público), é preciso ter, ao menos, o registro em um desses cadastros, conforme a Lei:

 

§ 1º Farão jus ao benefício referido no caput deste artigo os espaços culturais e artísticos, microempresas e pequenas empresas culturais, organizações culturais comunitárias, cooperativas e instituições culturais com atividades interrompidas, que devem comprovar sua inscrição e a respectiva homologação em, pelo menos, um dos seguintes cadastros:

I – Cadastros Estaduais de Cultura;

II – Cadastros Municipais de Cultura;

III – Cadastro Distrital de Cultura;

IV – Cadastro Nacional de Pontos e Pontões de Cultura;

V – Cadastros Estaduais de Pontos e Pontões de Cultura;

VI – Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (Sniic);

VII – Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (Sicab);

VIII – outros cadastros referentes a atividades culturais existentes na unidade da Federação, bem como projetos culturais apoiados nos termos da Lei nº 8.313, de 23 de dezembro de 1991, nos 24 (vinte e quatro) meses imediatamente anteriores à data de publicação desta Lei.

 

Até quando esses cadastros ficam abertos?

São cadastros de fluxo contínuo que seguem abertos até o último dia de execução da Lei, 31 de dezembro de 2020. Temos 120 dias após o recebimento do recurso para pagar.

Há previsão de quantos serão cadastrados?

A Lei traz em si uma série de condições e filtros para o recebimento da Linha 1, como, por exemplo, o não recebimento do Auxílio Emergencial geral de R$ 600 do governo federal. Isso socorreu muita gente, artistas circenses, técnicos, que não poderão acessar esse auxílio Aldir Blanc. Não temos, portanto, como apontar esse número, por isso a necessidade de cadastramento prévio. No caso da linha 2, foi derrubada a condicionante de CNPJ, o que vai facilitar bastante o acesso de cadastro, mas também precisamos da publicação da portaria para entender as regras. Na linha 3, a dos editais, a lei não prevê os mesmos filtros. A adesão vai ser mais ampla.

Para os artistas que têm CEAC, serão considerados os documentos que já estão registrados nesse cadastro?

Sim. A Secec vai acessar os documentos válidos desses artistas para evitar burocracias desnecessárias.

 

Os coletivos que não possuem CNPJ podem se inscrever para a linha 2 da Lei?

Na hipótese de inexistência de CNPJ, os Entes informarão o número ou o código de identificação único que vincule o solicitante à organização ou ao espaço beneficiário. Esse número é o CPF do responsável.

 

Como eu comprovo que sou um coletivo ou grupo independente?

A Lei veda a concessão do benefício a espaços culturais criados pela administração pública de qualquer esfera ou vinculados a ela, bem como a espaços culturais vinculados a fundações, a institutos ou instituições criados ou mantidos por grupos de empresas, a teatros e casas de espetáculos de diversões com financiamento exclusivo de grupos empresariais e a espaços geridos pelos serviços sociais do Sistema S.

É possível alterar o cadastro?

É possível editar o formulário no link enviado com a confirmação do cadastro.

 

É preciso especificar a contrapartida no momento do cadastro?

Sim. Segundo o Decreto 10.464, de 17 de agosto, a contrapartida deve ser proposta no ato de solicitação dos recursos.

 

Como sei se meu cadastro foi realizado?

Após o envio do formulário, é encaminhado um e-mail confirmando a realização do cadastro.

Quanto à homologação da solicitação do recurso pelo Ministério do Turismo, os nomes dos beneficiários serão publicados no Diário Oficial do Distrito Federal e no site da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

ACESSE AS LEGISLAÇÕES

Lei 14.017

Medida Provisória nº 990, de 09/07/2020 que libera R$ 3 bilhões a Estados e Município para a Lei Aldir Blanc.

Lei 14036 (MP 986) – forma de repasse

DECRETO Nº 10.464, DE 17 DE AGOSTO DE 2020 – Regulamenta a Lei Aldir Blanc

Portaria 161 – Regulamentação Secec

Acesse todas as publicações_Lei_Aldir_Blanc publicadas pela Secec no DODF desde a promulgação da Lei.

 

Quem foi Aldir Blanc


Aldir Blanc – Acervo pessoal do artista/ 2006

Autor de mais de 600 canções, Aldir Blanc Mendes (Rio de Janeiro, 2 de setembro de 1946 — Rio de Janeiro, 4 de maio de 2020) é um dos compositores essenciais para a consolidação da MPB no país e no mundo. Autor de obras-primas como “Bala com Bala”, “O Mestre-sala dos Mares”, “Dois pra Lá, Dois pra Cá”, “De Frente pro Crime”, “Kid Cavaquinho”, “Incompatibilidade de Gênios”, “O Ronco da Cuíca”, “Transversal do Tempo”, “Corsário”, “O Bêbado e a Equilibrista”, “Catavento e Girassol”, “Coração do Agreste” e “Resposta ao Tempo”. Suas composições estão em parcerias com mais de 50 autores como João Bosco, Guinga, Moacyr Luz, Cristovão Bastos, Maurício Tapajós e Carlos Lyra.

Crédito: Aldir Blanc. Foto: arquivo do artista – 2006.

Fonte: Site da Secretaria de Cultura

Hoje de manhã, a Administradora do SIA, Luana Machado, se reuniu com o subsecretário de Operações da Secretaria de Mobilidade, Márcio Antônio de Jesus, o presidente da Cooperfim- Cooperativa da Feira dos Importados, Bebeto Soares e o advogado Rodrigo Dutra, sobre o transporte público na região. 

O subsecretário de Operações da Secretaria de Mobilidade, Márcio Antônio de Jesus, disse que o SIA conta com 41 linhas disponíveis para a população. "Temos a integração, que é uma ótima opção para o usuário do transporte público. O valor máximo da passagem para quem utiliza o cartão de integração é de R$ 5,50, mesmo que pegue até três trajetos de diferentes preços", disse. 

Por exemplo, se alguém anda em uma linha circular interna, que custa R$ 2,70, depois opta pelo metrô, a R$ 5,50, e, por último, embarca em uma linha de curta duração, a R$ 3,80, o valor final de toda a viagem será de R$ 5,50 desde que pague com o cartão. Se essa mesma pessoa optasse por usar dinheiro, pagaria, pelos mesmos trajetos, R$ 12.

 

Nesta manhã, a Administração do SIA entregou o termo de Autorização de Uso de quiosques e boxes da Feira da Cultura Arte e Beleza do SIA (FECAB) aos feirantes. O termo é emitido pela Secretaria das Cidades (SECID) e a Licença de Funcionamento é emitida pela Administração do SIA.

Projeto da primeira-dama do DF, Mayara Noronha, é voltado para crianças carentes

A Administração do SIA realizou uma grande mobilização para a campanha do Governo do Distrito Federal (GDF), que visa arrecadar brinquedos e livros, para a campanha “Vem Brincar Comigo”. A ação é idealizada pela primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha. A Administração Regional da cidade conseguiu, graças aos esforços dos servidores e empresários da região, quase 1.500 brinquedos e mais de 100 livros.

A entrega dos produtos será no período do dia das crianças, para instituições que atendem meninos e meninas mais vulneráveis e que seguem os critérios estabelecidos para fazer parte do programa. O projeto é voltado para crianças carentes.

A administradora do SIA, Luana Machado, afirmou que a campanha é muito gratificante. “Estamos muito felizes por trazer alegria para as crianças neste momento tão complicado, muitas não estão tendo acesso às escolas. Quero agradecer a todos os servidores e empresários que fizeram as doações”, disse.

Acompanhado de deputados e secretários, Ibaneis ouve demanda de feirantes

O governador Ibaneis Rocha esteve no final da manhã deste sábado (3) em visita à Feira dos Importados, no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA). Circulou pelas bancas, fez compras, comeu pastel com caldo de cana e ouviu as demandas dos feirantes locais. Ele estava acompanhado do vice-governador Paco Brito, do deputado federal Júlio César e dos distritais Rodrigo Delmasso e Valdelino Barcelos.


Após conversar com vários comerciantes do local, que pediram a reabertura dos portões laterais, Ibaneis disse que vai autorizar a medida após estabelecer critérios. “Vamos definir com o presidente da feira a questão dos protocolos para que seja feito em segurança”, afirmou.

Segundo Ibaneis, outras reivindicações como melhoria da iluminação pública e segurança; a retirada de ambulantes informais ao longo das calçadas; e mais linhas de transporte para os trabalhadores também serão tratados como assuntos prioritários. “Vamos agendar com um grupo de representantes para juntamente com os secretários de Mobilidade e de Governo resolvermos todas essas questões”, garantiu.

A visita do governador faz parte de uma rotina que ele pretende estabelecer na agenda aos finais de semana. “As feiras empregam milhares de pessoas no DF e fazem parte de uma tradição entre as famílias de Brasília”, lembrou. “Nossa função é cuidar muito bem desses espaços e é isto o que vamos fazer. Na semana passada, estivemos na Feira do Guará. A reclamação era o telhado, que já foi consertado nesta semana e os feirantes estão muito felizes. Já recebi muitas mensagens de lá”, afirmou.

O governador disse ainda que conta com a parceria da Câmara Legislativa para ajudar nas melhorias de infraestrutura das feiras. “Vamos fazer essas visitas juntamente com os deputados, que podem contribuir também destinando emendas e ajudando a cobrar, dos secretários, as melhorias para a população. Porque se os feirantes forem atendidos certamente a população do Distrito Federal vai se sentir melhor”, arrematou Ibaneis.

O governador tem planos também para a feira do Núcleo Bandeirante. “Quero ir até lá para concluir um projeto de reforma. Frequento muito aquele local e sei que tem um desnível muito forte do terreno, que precisa ser ajustado”, detalhou.

Para o secretário de Governo, José Humberto Pires, que acompanhou a visita à Feira dos Importados, a investida do governador tem um propósito maior: ajudar no processo de retomada das atividades econômicas. “As feiras são grandes centros de compras e, aos poucos, precisam voltar a se desenvolver de maneira natural. É claro que, ainda em pandemia, precisamos tomar todos os cuidados. Mas o que estamos observando é que os feirantes estão bem conscientes disto e fazendo sua parte”, destacou.

O clima da visita foi de festa. “Fomos pegos de surpresa com essa visita do governador, mas estamos felizes em vê-lo por aqui”, afirmou o presidente da Feira dos Importados, Damião Soares. Segundo ele, a feira aos poucos vem retomando o comércio. “A pandemia atrapalhou muito a gente. Mas estamos numa expectativa grande de que as coisas melhorem com as vendas do final de ano”, previu.

A administradora do SIA, Luana Machado, destacou que o governo vai investir ainda mais em segurança no local. Segundo ela, neste ano, foram instaladas 18 câmeras de videomonitoramento e mais investimentos virão. “Vamos colocar R$ 1,65 milhão na troca de toda a iluminação do SIA e sabemos que quando a iluminação é eficiente a segurança no local também melhora”, afirmou.

Foto: Renato Alves

RENATA MOURA, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: FREDDY CHARLSON

Doações de livros e brinquedos para a campanha do GDF poderão ser feitas nas administrações regionais e no Palácio do Buriti

Entre os dias 28 e 30 de setembro, a arrecadação de livros e brinquedos para a campanha Vem Brincar Comigo terá o reforço das administrações regionais como pontos de coleta para as contribuições. As doações poderão ser feitas em formato drive-thru, em virtude da pandemia do novo coronavírus.

A iniciativa, idealizada pela primeira-dama do Distrito Federal, Mayara Rocha, e coordenada pela Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância, vinculada à Chefia de Gabinete do Governador, arrecada livros e brinquedos que serão entregues para crianças em situação de vulnerabilidade social entre 5 e 12 de outubro, semana que antecede o dia das crianças.

Uma das administrações regionais que vão receber as doações é a do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA). Hoje e amanhã (29 e 30, respectivamente), das 9h às 16h, um funcionário ficará responsável por recolher as doações. Para a administradora regional do SIA, Luana Machado, o envolvimento de mais órgãos do GDF é fundamental: “Estamos muito felizes por trazer alegria para as crianças neste momento tão complicado, muitas não estão tendo acesso às escolas”.

O médico André Luigi aproveitou a oportunidade e entregou livros no drive-thru do SIA. Foto: Acácio Pinheiro 

Fonte: Agência Brasília.

O Governo do Distrito Federal (GDF) deu início oficial ao programa GDF Presente no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), que funcionará de 21 a 25 de setembro, com reforço de serviços como manutenção de poda de árvores, limpeza e desobstrução de bocas de lobo, roçagem, pintura de meio-fios, tapa-buracos, limpeza geral e troca de sinalizações.

A administradora do SIA, Luana Machado, agradeceu o reforço do GDF Presente, coordenado pelo Polo Central. “O nosso objetivo é sempre melhorar os serviços prestados e fornecer uma resposta rápida às necessidades da população. Com o GDF Presente o SIA consegue ser atendido com mais eficiência”, disse.

GDF Presente, é um programa que consiste na descentralização de ações para solucionar mais rápido as demandas das administrações regionais que, desta forma, são empoderadas a trabalhar de maneira mais independente. Para tanto, foram criadas sete Unidades de Planejamento Territorial (UPT) que estão divididas em polos. O SIA faz parte do Polo Central.

 

A nova máquina compactadora vai garantir asfalto com durabilidade

A Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) completa, nesta semana, 64 anos. E começou a comemoração dando um grande presente para o SIA: uma máquina compactadora para asfaltar. O equipamento vai garantir asfalto com mais qualidade na cidade.

De acordo com o vice-governador Paco Britto, as máquinas vão permitir ao Distrito Federal um asfalto muito melhor. “Um benefício para os veículos e para o cidadão, que vai ver, nas ruas, onde está sendo investido seu dinheiro”, disse. Paco lembrou ainda que com as compactadoras e fresadoras, será possível acabar com as eternas operações de tapar buracos e partir para o recapeamento completo das vias.

A administradora do SIA, Luana Machado, agradeceu o presente para a região. ”Estamos muito felizes e agradecemos à Novacap pelo presente. O GDF está garantindo um asfalto de qualidade para a população”, comemora.

Fonte: Agência Brasília.

Foto: Vinícius de Melo.

A campanha Vem Brincar Comigo 2020, uma ação social idealizada pela Primeira-Dama do Distrito Federal, Sra. Mayara Rocha, e desenvolvida sob a coordenação da Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância, com apoio da Secretaria de Governo e dos demais órgãos do GDF, visa a arrecadação de brinquedos e livros infantis para crianças em situação de vulnerabilidade, como forma de celebrar o Dia das Crianças.

Participe da campanha de doação de brinquedos e livros!
 

Data: de 25 de agosto a 20 de setembro
Pontos de arrecadação: administrações regionais, batalhões da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

Faça uma doação segura: higienize os brinquedos e as embalagens.

 

GDF Presente começa a semana com coleta de entulho descartado pela população nas ruas, limpeza de bocas de lobo, poda de árvores e recuperação de vias

O descarte irregular de entulho pela própria população em áreas públicas do Distrito Federal fez com que o GDF Presente e a Administração Regional do SIA recolhessem nesta segunda-feira (17) 130 pneus em ruas e terrenos baldios. A sujeira estava espalhada entre o Setor de Oficinas Norte (Sofn) e o Setor de Armazenamento e Abastecimento Norte (Saan), região de oficinas mecânicas de Brasília.

Além de provocar sujeira e riscos ao meio ambiente, os pneus podem facilmente armazenar água parada e se transformar em focos de reprodução do mosquito da dengue. “Sem contar que, amontoados, viram abrigos de animais peçonhentos, como escorpiões”, lembra a administradora regional do SIA, Luana Machado. Uma varredura no SIA também recolheu seis caminhões de entulho e inservíveis despejados em uma área invadida conhecida como Aschagas.

Carlos Fonseca, de 57 anos, é gerente de pós-venda em uma concessionária do Trecho 2 do SIA. Ele conta que as lojas do ramo na região seguem as normas ambientais de coleta e armazenamento dos pneus inutilizados em uma área seca e coberta. Só então uma empresa especializada os recolhe, sem prejuízos à cidade. “É importante que essa ação de limpeza ocorra, mas é lamentável ver o cidadão suje as ruas, ainda que a gente não saiba quem exatamente faz isso”, diz ele.

A limpeza do SIA pelo GDF Presente seguiu em outras ações. Dez paradas de ônibus foram lavadas com jatos d’água abastecidos por dois caminhões pipas. As equipes do do Governo do Distrito Federal (GDF) partiram pra cima da sujeira também nos arredores da Feira dos Importados, com a desobstrução e limpeza das bocas de lobo. Os automóveis também regaram dois canteiros centrais gramados e afetados pela seca, além das vias vicinais do Setor de Chácaras do SIA que, nesta época do ano, estão muito empoeiradas.

Fonte: Agência Brasília.

 

O Setor de Indústria e Abastecimento (Sia) recebeu calçadas novas com acessibilidade, para as pessoas com deficiência. A Administração Regional realizou a obra no trecho 3, na última sexta (7), próximo ao Instituto Cultural Educacional e Profissionalizante de Pessoas com Deficiência do Brasil (Icep).

O presidente do Icep, Marcelo Bezerra, afirmou que foi feita uma solicitação para a Administração, para que fossem construídas as novas calçadas. “Fomos prontamente atendidos. Essa obras são muito importante para as pessoas com deficiência que transitam aqui no Sia”.

A administradora do Sia, Luana Machado, comemorou a conclusão das obras. “A nossa maior preocupação é construir calçadas acessíveis, mais espaçosas e de alta qualidade, garantindo a mobilidade das pessoas com deficiência. Temos um projeto junto à Novacap para que toda a região tenha acessibilidade”, disse.

Programa executa ações de recolhimento de entulhos, operação tapa-buracos, desobstrução de bocas de lobo, roçagem, reforma de calçadas, entre outros serviços

A Região Administrativa do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) recebeu os reforços do GDF Presente e do Polo Central nos últimos 150 dias. Entre os meses de março a julho as equipes do SIA recolheram cerca de 2.752 metros cúbicos de lixo e entulho de áreas públicas da cidade. Isso equivale a 471 caçambas convencionais (seis metros cúbicos de capacidade).

A Administradora do SIA, Luana Machado, agradeceu o reforço nas ações. “O GDF Presente e o Polo Central são fundamentais para dar agilidade a essas obras que demorariam mais tempo para serem concluídas. Agradecemos ao nosso governador e as equipes pelo apoio de sempre”, disse.

Operação tapa-buraco

As equipes também atuaram na operação tapa-buracos, mais uma demanda atendida pela administração do SIA em parceria com a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). Em julho, a administração do SIA usou cerca de 16 toneladas de massa asfáltica na recuperação de ruas e vias da região.

Mais segurança para a população

O Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) recebeu câmeras de videomonitoramento para trazer mais segurança para a população. A instalação está sendo realizada através de emenda parlamentar do deputado Delmasso (Republicanos), no valor de R$ 365 mil. A Secretaria de Segurança será responsável por monitorar as 20 câmeras.

“O uso das câmeras de videomonitoramento contribui de forma eficiente com o trabalho realizado pelas forças de segurança, por aqueles que estão em campo, com investigações realizadas pela  Polícia Civil e órgãos do Judiciário, como Ministério Público e tribunais, e ações de policiamento da Polícia Militar. Estamos investindo fortemente na ampliação desses equipamentos, pois nosso objetivo é que todo o Distrito Federal esteja monitorado”, contou o secretário de Segurança Pública, o delegado Anderson Torres.

São câmeras em alta resolução. Todas as imagens são transmitidas para o Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), que reúne órgãos, instituições e agências do Governo do Distrito Federal (GDF). O Centro de gestão compartilhada reúne serviços voltados para segurança, mobilidade, saúde, prestação de serviço público e fiscalização e funciona de forma ininterrupta, ou seja, de segunda a domingo, 24h por dia.

A definição dos locais em que os equipamentos são instalados são áreas de interesse permanente, ou seja, definidos com base em levantamentos realizados pela Subsecretaria de Gestão da Informação (SGI), da SSP/DF, e também com orientação de responsáveis por batalhões e delegacias. Os estudos apontam as chamadas “manchas criminais”, em que é possível detectar dias, horários e locais de maior incidência de crimes.

A administradora do SIA, Luana Machado, comemorou as conquistas da cidade. “Ganhamos de presente as câmeras de videomonitoramento para melhorar a segurança da população”, disse.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública do DF.

Confira os trabalhos realizados pela Administração do SIA nesta semana:

  • 56 m³ de retirada de entulhos na Feira dos Importados, nos trechos 1, 2, 3 e 17, setor de chácaras e setor de Inflamáveis
  • 10 caminhões pipa para amenizar a poeira no setor de chácaras
  • Reunião com diretores da Novacap sobre as demandas da cidade
  •  Rega do canteiro central no trecho 17

 

Solicite sua demanda pela ouvidoria: 162 ou ouv.df.gov.brApós a execução da demanda, avalie os serviços prestados por este mesmo canal da ouvidoria.

Caminhão Pipa no setor de chácaras 

Rega do canteiro central no trecho 17


Retirada de entulhos no Setor de Inflamáveis 

A Codeplan publica mais uma edição do Prêmio Codeplan.

Confira o edital e demais normativos da VI Edição do VI Prêmio Codeplan de Trabalhos Técnico-Científicos, cujas inscrições estarão abertas de 1º de setembro a 15 de outubro de 2020.

VI Prêmio Codeplan de Trabalhos Técnico-Científicos

Histórico

Em 2015, a Codeplan criou o Prêmio Codeplan de Monografias, com o objetivo de estimular as pesquisas socioeconômicas, sobre as políticas sociais e urbano-ambientais, áreas-fins da Instituição, voltadas para o Distrito Federal e a Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (RIDE).

Em 2016, em sua segunda edição, passou a denominar-se Prêmio Codeplan de Trabalhos Técnico-Científicos, mas manteve seu escopo original de fomento à pesquisa e às questões relevantes para o desenvolvimento do Distrito Federal.

Em 2017, em sua terceira edição, os vencedores do concurso foram revelados no dia 04 de dezembro e os trabalhos publicados ao longo de 2018.

A edição de 2018 teve seus vencedores revelados em dezembro de 2018 e os trabalhos premiados foram publicados ao longo de 2019, na página da série Texto para Discussão.

A edição de 2019 (V Prêmio) está em fase de publicação de seus trabalhos na série acima mencionada. Já estão publicados os trabalhos classificados em 1º e 2º lugares.

Fonte: Codeplan DF. 

 

 

 

Orientações sobre saúde bucal, distribuição de kits de higiene, dicas de prevenção ao coronavírus e distribuição de máscaras

A Administração do Sia, em parceria com a Secretaria de Saúde, realizou nesta sexta-feira (24) a campanha de vacinação contra a gripe (Influenza), no setor de chácaras Aschagas. A ação também proporcionou aos moradores serviços de saúde como: verificação da carteira de vacinação, orientações sobre saúde bucal, distribuição de kits com escova de dentes, fio dental e creme dental, dicas de prevenção ao coronavírus e distribuição de máscaras.

A líder comunitária da Aschagas, Maria de Jesus Cereja, falou sobre a importância da ação na comunidade. “É muito bom ter aqui no setor de chácaras, pela primeira vez, essa vacinação. Agradeço a explicação sobre o coronavírus. É muito bom ter a Administração do Sia e a Secretaria de Saúde mais perto da gente”, disse.

Segundo a administradora do Sia, Luana Machado, a ação ajuda a cuidar da saúde das famílias da região. “ Estamos trazendo os serviços de saúde para mais perto da população. O mais importante neste momento é vacinar o maior número de pessoas”, afirmou.

Na última semana diversas obras de melhoria foram realizadas na cidade

Na última semana, o Polo Central do GDF Presente, junto com a Administração do Sia, utilizou oito toneladas de asfalto na Operação Tapa-Buracos, no setor de Inflamáveis, trecho 1 e Setor de Oficinas Norte (SOF Norte). Também foram retiradas 47 caçambas de 6m³ de entulhos no setor de Cargas.

Confira todas as obras da semana:

•   31 metros lineares de recuperação de meio-fios, próximo ao trecho 1

•   2.150 metros lineares de pintura de meio-fios nas áreas internas da IA Pública, entre os trechos 6 e 7 e  7 e 8

•   Instalação de Placas de sinalização vertical na Feira dos Importados

•   Limpeza e Desinfecção de 21 abrigos para passageiros na via Iá Pública

•   22 caminhões pipa para amenizar a poeira na Aschagas

•   Poda de árvores no setor de Inflamáveis e setor de chácaras

•   Sinalização horizontal de estacionamentos do SAAN

•   R$ 1 milhão e 650 mil em iluminação e R$ 365 mil em câmeras de videomonitoramento, através de emenda parlamentar do deputado Delmasso

•   Rega dos canteiros

Acompanhe o nosso trabalho também nas redes sociais: Instagram-@admsia e Facebook: Administração Regional do Sia.

Mais segurança para a população

Nesta terça-feira (14) o Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) completa 15 anos de independência e 62 anos de história e recebeu grandes presentes. Toda a região administrativa receberá iluminação nova e câmeras de videomonitoramento, para trazer mais segurança para a população. Serão utilizados R$ 1 milhão e 650 mil em iluminação e R$ 350 mil em câmeras de videomonitoramento, através de emenda parlamentar do deputado Delmasso (Republicanos). 

A Secretaria de Segurança será responsável por monitorar as 20 câmeras de videomonitoramento no SIA. A iluminação será nos seguintes endereços: trecho 1/2, trecho 2/3, trecho 3/4, trecho 17, trecho 6, trecho 8, nas cercanias e no estacionamento perto da Feira dos Importados, Setor de Cargas (STRC), e Setor de Inflamáveis (SIN).

A administradora do SIA, Luana Machado, comemorou as conquistas da cidade. “Hoje é um dia muito especial, estamos comemorando 15 anos em que o Sia se tornou uma cidade independente. Ganhamos de presente a iluminação e câmeras de videomonitoramento, para a segurança da população. Junto com o Polo Central e GDF Presente estamos realizando várias obras importantes para melhorar a qualidade de vida de todos que frequentam a nossa cidade”, comemora. 

O deputado Delmasso afirmou que a iluminação das ruas e as câmeras são essenciais para a segurança da população. “Toda a cidade ficará bem iluminada. Isso ajuda a inibir a atuação de criminosos e as pessoas se sentirem mais seguras, e para ajudar também, o trabalho de ronda da polícia”, afirmou.

De acordo com o Decreto 40.546/2020, como medida de precaução ao coronavírus, ficou estabelecido o teletrabalho para os órgãos da administração pública direta, indireta, autárquica e fundacional, no dia 23 de março de 2020, como medida necessária à continuidade do funcionamento da administração pública distrital, em virtude da atual situação de emergência em saúde pública e da pandemia decretada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em decorrência do Coronavírus (Covid-19).

Os servidores da Administração Regional do SIA atuam via remota no atendimento às demandas da pasta e da comunidade. Foram disponibilizados os contatos para a população e os serviços essenciais de manutenção e conservação da cidade estão mantidos, respeitando as orientações dos órgãos de Saúde para a preservação da vida.

Ouvidoria

162

www.ouv.df.gov.br

ouvidoria@sia.df.gov.br

Gabinete

3403-6900

99361-6697

 98157-9320

 

O GDF Presente junto com o Polo Central fez uma grande operação de limpeza e manutenção na Feira dos Importados, no Setor de Indústrias e Abastecimento (SIA) nesta segunda-feira (6). Ao todo, duas caçambas de caminhão ficaram cheias de entulho, retirado dos arredores da feira. Além disso, a equipe do programa, em conjunto com a administração regional, lavou o sistema de águas pluviais do local para evitar alagamentos.

A administradora do SIA, Luana Machado, afirmou que o reforço do GDF Presente é muito importante nas ações. “A nossa equipe faz um mapeamento das localidades que apresentam mais problemas. As obras ajudam a causar menos transtornos para a população, principalmente em épocas de chuva”.

O presidente da Feira dos Importados, Damião Leite Soares, elogia o trabalho. “Quanto a limpeza não tenho do que reclamar. Toda segunda-feira limpam os arredores da feira”, diz. Para ele, o local limpo melhora a aparência da feira, aumenta o fluxo de clientes e melhora o dia-a-dia dos feirantes.

Vias sem buraco

Os moradores da área urbana também são beneficiados pelo GDF Presente. As operações de tapa buracos continuam sendo feitas por todo o Distrito Federal. No Setor de Oficinas Norte foi preciso oito toneladas de massa asfáltica para deixar as vias sem buracos.

Com informações da Agência Brasília.

 

Limpeza das bocas de lobo e reforma de calçadas e meio-fios também fazem parte do programa  

O GDF Presente, em conjunto com a Administração do Sia e Polo Central, realizou no mês de junho os trabalhos de revitalização das ruas da cidade com a Operação Tapa-Buracos e limpeza. Foram retiradas 81 caçambas de entulho, que equivalem a 484 m³ de lixo. A manutenção do asfalto das vias foi no setor QC, Setor de Transporte Rodoviário de Cargas (STRC 01), trecho 17, quadras 4C, 5C e trecho 1.

A administradora do Sia, Luana Machado, afirmou que as obras ajudam a causar menos transtornos para a população, principalmente em épocas de chuva. “A nossa equipe de obras faz um mapeamento das localidades que apresentam mais problemas”, disse.

De acordo com a administradora Luana, os trabalhos da operação Tapa-Buracos, retirada de entulhos, limpeza de bocas de lobo, reforma das calçadas e meio-fios são constantes na localidade. Mesmo em meio ao combate à pandemia de coronavírus os trabalhos considerados essenciais à população não param.

Nesta terça-feira (30) a Administração do Sia realizou a reconstrução de calçadas e meio-fios na quadra 3C. A equipe de obras da Administração é responsável por fazer um levantamento minucioso que identifica as áreas onde meio-fios e calçadas precisam ser reformados.

Você pode solicitar, na Administração do Sia, os serviços de execução de obras (construção de calçadas, instalação de meio-fio, implantação de quebra-molas e equipamentos comunitários e de lazer), e de manutenção de áreas públicas (reparo de aparelhos públicos como vias, calçadas, meios-fios, parques, praças, jardins e áreas verdes, tapa-buracos, recapeamento asfáltico, terraplanagem, encascalhamento, poda, roçagem, limpeza de boca de lobo, recolhimento de entulhos e desobstrução de águas pluviais), e obra de infraestrutura de iluminação pública.

OBS: Os serviços de poda e erradicação de árvores, em áreas particulares são executados pelo proprietário do imóvel, mediante autorização da Administração, com anuência da NOVACAP.

Execução de obras e manutenção de áreas públicas realizadas pela NOVACAP, em parceria com a Administração

Solicite o serviço de execução de obras, tais como:

Instalação de meios-fios;

Implantação de quebra-molas;

Equipamentos comunitários e de lazer;

Manutenção de áreas públicas;

Reparo de aparelhos públicos (vias, calçadas, meios-fios, parques, praças, jardins e áreas verdes);

Tapa-buracos;

Recapeamento asfáltico;

Terraplanagem;

Poda de árvores;

Roçagem;

Limpeza de boca de lobo;

Recolhimento de entulhos;

Desobstrução da rede de águas pluviais.

 

Como fazer

Serviço solicitado pela Administração via Ouvidoria.

Local

Através dos Canais de Ouvidoria (162 ou pelo site ouv.df.gov.br)

Documentação

CPF e o CEP residencial.

Nesta terça-feira (30) a equipe da Administração do Sia e Polo Central se reuniram com os diretores da Novacap para apresentar e discutir as demandas da Região Administrativa. Estiveram presentes o Diretor de Urbanização da Novacap, Sérgio Antunes, o diretor do Departamento de Transporte e Manutenção da Novacap, Rodolpho Diego Lemos, o diretor do Departamento de Parques e Jardins, Raimundo Silva e a coordenadora do Polo Central, Vânia Gurgel.

A administradora do Sia, Luana Machado, afirmou que o objetivo da reunião foi alinhar sobre o fornecimento de equipamentos e insumos para a manutenção das vias, canteiros e áreas públicas. “Estamos trabalhando para atender cada vez melhor a população”, disse.⠀

Durante o encontro, foram rebatidas questões relativas à continuidade das melhorias nas recuperação de vias, podas de árvores, revitalização de áreas verdes, entre outros assuntos de interesse da comunidade. As pautas discutidas são parte das ações que a Administração tem articulado e se empenhado em concretizar. Mesmo com o momento atual, os trabalhos seguem sendo realizados de acordo com as prioridades da população apontadas na Ouvidoria e critérios de segurança adotados pelo GDF no enfrentamento à pandemia.

O programa executa recolhimento de entulhos, operação tapa-buracos, limpeza de bocas de lobo, roçagem, entre outros serviços

A Região Administrativa do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) recebeu os reforços do GDF Presente e Polo Central nos últimos 100 dias. Nos meses de março a junho as equipes do SIA recolheram cerca de 2.436 m³ de lixo e entulho de áreas públicas da cidade. A poligonal do SIA compreende as áreas: Setor de Armazenagem e Abastecimento Norte (SAAN), Setor de Oficinas Norte (SOF Norte) e Setor de Cargas (STRC).

O programa executa recolhimento de entulhos, operação tapa-buracos, limpeza de bocas de lobo, roçagem, entre outros serviços em toda a região. A ação também tem parceria com o Polo Central e visa combater locais propícios a proliferação do mosquito  Aedes aegypti,  que transmite a dengue, Zika, Chikungunya, além da febre amarela.

Polícia Civil, trecho 4

“Todos os dias as nossas equipes fazem um trabalho de manutenção no SIA e esses reforços do programa GDF Presente vêm ajudar em mais melhorias para a população. Agradecemos ao governador Ibaneis, por esse suporte que tem nos dado sempre”, disse a administradora regional, Luana Machado.

Operação Tapa-Buraco

Também equipes atuaram na realização da Operação Tapa-Buraco, mais uma demanda atendida pela Administração do SIA em parceria com a Novacap. Em 100 dias de trabalho a Administração do SIA usou cerca de 55,6 toneladas de massa asfáltica na recuperação de ruas e vias da região.

Tapa-buraco no STRC, trecho 2

 

 

 

 

Nessa quinta- feira (18), a Administração do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), junto com a Defesa Civil e Corpo de Bombeiros, entregou quase 200 cobertores para a população carente do Buracão, no SIA. A Administração e o Batalhão da Polícia Militar do DF (PMDF) estão arrecadando cobertores e agasalhos, com restrições para evitar a propagação do coronavírus.

Foto: Renato Raphael

A administradora do SIA, Luana Machado, falou sobre a importância do projeto. “As noites de Brasília têm sido muito frias. Precisamos da solidariedade de todos para aquecer as famílias. As doações são muito importantes”, disse.

Campanha do Agasalho Solidário

Para ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade social durante o inverno no Distrito Federal, a subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância lançou a 2ª edição da Campanha Agasalho Solidário. Devido à pandemia de Covid-19, o projeto será divulgado em plataforma on-line e receberá doações até 26 de junho, nas administrações regionais ou nos batalhões da PMDF.

A ação é uma parceria com a Vice-Governadoria do DF, a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) e a Câmara Legislativa do DF (CLDF). O projeto tem a coordenação das administrações regionais exercida pela Secretaria Executiva de Cidades e o trabalho logístico de entrega será realizado pela PMDF.

A medida integra o programa Sanear-DF promovido pela Vigilância Ambiental em parceria com a Administração do SIA

Nesta quarta-feira (17), foram realizadas ações de limpeza e sanitização em diversos pontos da cidade para impedir a disseminação da Covid-19 em espaços públicos. A medida integra o programa Sanear-DF promovido pela Vigilância Ambiental em parceria com a Administração Regional do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA).

A  Defesa Civil, o 3º Grupamento de Bombeiro Militar do SIA, o depósito de Bens Apreendidos do DF Legal e a Administração do SIA receberam a desinfecção hoje de manhã. As medidas de enfrentamento ao coronavírus se intensificaram no SIA. Do dia 8 a 12 de junho, um posto de testagem da Covid-19 foi montado no estacionamento da Administração e atendeu mais de duas mil pessoas.

A administradora regional, Luana Machado, falou sobre as ações de  combate à doença. ”Estamos unindo esforços no combate à Covid-19 e à dengue na cidade para reduzir o número de pessoas infectadas, seguindo todas as medidas recomendadas pela Secretaria de Saúde”, disse.

O programa

As ações fazem parte do programa Sanear-DF, elaborado pela Secretaria Executiva das Cidades (Secid) e pela Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival) em função do Decreto nº 40.550, de 23 de março. É mais uma iniciativa que dispõe sobre medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrentes do novo coronavírus.

Participam desse projeto as administrações regionais do DF, as secretarias de Comunicação, Transporte e Mobilidade, Segurança Pública, Políticas Públicas, Educação, DF Legal, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), o Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF) e a Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb).

 

 

 

O objetivo é higienizar o local contra a Covid-19 para a reabertura das Feiras

Nesta terça-feira (16), a Feira dos Importados de Brasília (FIB) e Feira da Cultura, Arte e Beleza do SIA (Fecab) receberam a sanitização promovida pela Vigilância Ambiental, por meio do programa Sanear-DF. A ação higieniza espaços públicos contra a Covid-19. A equipe da Administração Regional do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) também auxiliou na limpeza do local. A reabertura das Feiras será nesta quarta-feira (17), autorizada por meio do Decreto 40.882/2020.

Agentes de saúde com máquinas costais espalharam hipoclorito de sódio, semelhante a água sanitária, em cadeiras, paredes, bancadas, janelas e portas. Veículos com máquinas de pulverização fizeram a sanitização nas Feiras.

A administradora do SIA, Luana Machado, esteve hoje de manhã acompanhando a limpeza das Feiras. “A nossa preocupação maior, agora, é com a saúde dos trabalhadores e consumidores. Essa ação é essencial para garantir a segurança da população. Estamos tomando todos os cuidado necessários”, disse.

Segundo o presidente da Cooperativa da Feira dos Importados (Cooperfim), Bebeto Soares, o local está tomando todos os cuidados para a reabertura amanhã. “A expectativa é receber 50% do público da Feira. Todas as bancas disponibilizarão álcool em gel para os clientes, o uso de máscara será obrigatório, temos um túnel de desinfecção e duas pessoas fazendo a medição da temperatura na entrada”, explicou.

De acordo com o presidente da Fecab, Isaac de Oliveira, a expectativa é grande para a reabertura. "Estamos prontos para a volta das atividades, com todas as medidas de segurança. Agradeço à Administração do SIA pelo suporte”, afirmou.

As ações fazem parte do programa Sanear-DF. Proposto pela Secretaria Executiva das Cidades (Secid) e pela Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival) em função do Decreto nº 40.550, de 23 de março, a iniciativa dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrentes do novo coronavírus.

Participam desse projeto as administrações regionais do DF, as secretarias de Comunicação, Transporte e Mobilidade, Segurança Pública, Políticas Públicas, Educação, DF Legal, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), o Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF), o Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER/DF) e a Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb).

*Com informações da Secretaria de Saúde.

Nesta semana, Recanto das Emas, Candangolândia, Riacho Fundo II e Jardins Mangueiral recebem os postos de testagem

Há quase dois meses, a Secretaria de Saúde vem testando a população do Distrito Federal para a Covid-19 e já aplicou quase 190 mil testes rápidos. Os exames são feitos por meio do modelo drive-thru e indicados para pessoas com sintomas da doença causada pelo novo coronavírus (Covid-19).

Semanalmente, a testagem ocorre em dez postos montados em dez regiões administrativas. Nesta semana, Recanto das Emas, Candangolândia, Riacho Fundo II e Jardins Mangueiral receberão os postos de testagem. Com a instalação destas unidades, os drives do Riacho Fundo I, Samambaia, Brazlândia e SIA serão desativados.

As alterações ocorrem a partir da avaliação do cenário epidemiológico de infecção pelo coronavírus no DF. Além disso, as mudanças têm por objetivo melhorar o fluxo de atendimentos à população.

A Secretaria de Saúde reforça que os habitantes das regiões não atendidas pelos postos drive-thru, e que estejam com sintomas da Covid-19, devem procurar a unidade básica de saúde (UBS) mais próxima para ser atendido. O atendimento ocorre nas 172 unidades existentes. Já a testagem para o coronavírus, seja por teste rápido ou RT-PCR (swab) foi intensificada em 79 UBSs.

Os testes rápidos são seguros e aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Para realizá-los, o cidadão deve residir nas áreas cobertas pelos drives e fazer um cadastro no site teste.df.gov.br. Ao se cadastrar, o cidadão poderá visualizar as vagas disponíveis nos pontos de testagem, bem como agendar o exame. A disposição das vagas é atualizada a cada dois dias.

Novos postos

O drive do Recanto das Emas substituirá a unidade que estava em Samambaia. No entanto, a população desta região continuará sendo atendida no Recanto.

Veja os endereços de todos os postos de testagem que estão funcionando de 15 a 19 de junho:

Fonte: Agência Brasília.

Feiras Permanentes, Feiras Livres, Feiras Populares e afins estão permitidas para funcionar no Distrito Federal a partir de quarta-feira (17), das 9h às 17h. A retomada destas atividades foi autorizada por meio de Decreto Nº 40.882/2020, publicado em edição extra do Diário Oficial neste domingo (14).

O funcionamento das praças de alimentação e qualquer tipo de consumo nestes locais permanece proibido. Estandes que não são de gêneros alimentícios estão liberados para funcionar.

Ao longo das últimas semanas, o Governo do Distrito Federal (GDF) tem feito a reabertura gradual do comércio. A liberação das atividades obedece normas técnicas e de saúde, respeitando a segurança da população e os números do novo coronavírus no Distrito Federal.

A fiscalização das Feiras Populares, Permanentes, Livres e afins será feita por órgãos oficiais do GDF e também por associações legalmente constituídas, que devem comunicar às autoridades locais eventuais casos de irregularidades e descumprimentos.

Fonte: Agência Brasília.

A partir desta segunda-feira (8), um posto de atendimento está montado no SIA e atende as duas regiões

Segundo estudos do cenário epidemiológico da Covid-19 no Distrito Federal, a Secretaria de Saúde fez uma nova alteração nos pontos de testagem rápida, por drive-thru, nesta segunda-feira (8). Hoje (9) mais de 1.300 moradores do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) e Estrutural fizeram o teste, na Administração do SIA. Só é possível fazer o exame através do cadastro e agendamento no site testa.df.gov.br. A testagem ocorrerá nesta semana, de segunda a sexta-feira, exceto feriados, das 8h às 17h.

A Secretaria de Saúde destaca que os brasilienses que apresentam sintomas da doença causada pelo novo coronavírus e que não residem nas áreas de cobertura dos drives devem procurar as unidades básicas de saúde que oferecem atendimento para covid. As UBSs estão abastecidas com os kits de testes rápidos e aptas para prestar esse atendimento.

Os demais pontos de testagem não sofrerão alterações. Até a última quinta-feira, o DF já havia feito 152.419 testes rápidos, por drive-thru, que confirmaram a doença em 5.462 pessoas.

ATENDIMENTO – Primeiramente, o cidadão deve entrar no site testa.df.gov.br e fazer um cadastro. Após se cadastrar, o usuário pode agendar o exame na unidade que atende a região em que reside. As vagas são disponibilizadas a cada 48h.

O resultado sai em até 30 minutos e, para visualizá-lo, é preciso entrar novamente na página da internet e autorizar o envio da conclusão do exame para o e-mail cadastrado.

A testagem por drive-thru ocorre de segunda a sexta-feira, exceto feriados, das 8h às 17h, em dez pontos situados em dez regiões administrativas.

A realização do exame será para os moradores do SIA e Estrutural

A partir desta segunda-feira (8) o ponto de testagem para a Covid-19 será na sede da Administração Regional do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), com atendimento por drive-thru para os moradores do SIA e Estrutural. A testagem estará disponível até o dia 12 de junho, das 08:00 às 17:00 diariamente, de segunda à sexta-feira, exceto feriados.

Os públicos-alvos são os usuários do SUS, sintomáticos ou com histórico de contato com algum caso confirmado que residem com idosos e que moram na Região Administrativa do local onde o drive-thru está montado. As pessoas também poderão agendar o teste no site sistemas.df.gov.br/mteste/. O resultado do exame é enviado para o e-mail cadastrado no site após o usuário autorizar o encaminhamento. Os testes são seguros e aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O Departamento de Trânsito (DETRAN) fará o controle dos acessos e vias e a Secretaria de Saúde definirá o fluxo dos postos e a supervisão da ação nos postos de testagem. A Biomega (empresa contratada pela Secretaria de Saúde) fará a triagem e aplicação dos testes rápidos Covid-19.

A realização do exame não descarta a necessidade de procurar uma unidade básica de saúde na ocorrência de sintomas. O exame detecta a presença de anticorpos gerados pelo organismo para enfrentar o vírus. Eles costumam ser detectáveis com maior segurança a partir do sétimo dia da exposição.

1. Moradores do SIA e Estrutural:

?Estacionamento da administração Regional do SIA – Sia trecho 8 lotes 125 a 135

 

2. Moradores do Plano Piloto, Sudoeste, Cruzeiro/Octogonal e Noroeste:

?Parque da Cidade – Estacionamento 13, CES – Brasília

 

3. Moradores do Riacho Fundo I e II

?Administração do Riacho Fundo I-

 

4. Moradores de Ceilândia, Pôr do Sol e Sol Nascente:

?IESB Unidade Ceilândia – QNN 31 áreas especiais B, C, D, E  – Ceilândia Norte

 

5. Moradores de Ceilândia e Taguatinga:

?JK Shopping – AV. HÉLIO PRATES – QNM 34 – ÁREA ESPECIAL 01 – M-NORTE

 

6. Moradores do Gama e Santa Maria:

?Estádio Bezerrão – St. Central – Gama, Brasília – D

 

7. Moradores de Samambaia, Recanto das Emas:

?Administração Regional de Samambaia – Centro Urbano – Samambaia Sul – Anexo da Administração Regional

 

8. Moradores do Lago Sul, São Sebastião, Itapoã, Paranoá, Jardim Botânico e Jardins Mangueiral:

?Estacionamento Estádio JK- Quadra 5 – Área Especial – Paranoá

 

9. Moradores de Brazlândia

?Administração de Brazlândia

 

10. Moradores de Sobradinho I e II

?Administração de Sobradinho II

 

TOTAL: 10 postos de testagem.

*Com informações da Secretaria de Saúde-DF.

A campanha entregou mais de 300 cestas nesta semana

O Governo do Distrito Federal (GDF) lançou a campanha de doação de alimentos, máscaras e outros recursos importantes para famílias em situação vulnerável neste período de pandemia. A Administração Regional do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), com o esforço da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), Defesa Civil, Secretaria de Governo (SEGOV) e Secretaria das Cidades (SECID), realizaram nesta quarta (3) e quinta (4) a arrecadação em prol dos mais carentes.

A campanha entregou mais de 300 cestas básicas, 2.000 máscaras e cobertores, no SIA e SAAN. As cestas, máscaras e cobertores foram entregues no SIA e SAAN, no Buração, Polimix e Manilha.

"Neste momento de pandemia, muitas famílias estão passando por dificuldades. Esse foi um esforço conjunto do GDF para dar essa ajuda tão importante às famílias que mais precisam", ressalta a administradora regional do SIA, Luana Machado.

Dados da Ouvidoria-Geral do DF demonstram que, no primeiro trimestre deste ano, 23 órgãos tiveram índice de resolutividade acima da meta anual de 50%

A população do DF conta com uma linha direta para encaminhar pedidos de melhorias nas cidades e ajudar o governo a fazer uma gestão mais eficiente. São as ouvidorias, canais disponíveis ao recebimento de manifestações de pessoas que sinalizam necessidade de serviços diversos, como manutenção, instalação e limpeza.

Desde o ano passado, resolver os pedidos que chegam pelos canais é prioridade definida por decreto. Conforme balanço trimestral da Ouvidoria-Geral do Distrito Federal, a maioria das administrações regionais consegue ficar acima da meta anual de 50% de resolutividade. Além de solicitações, o espaço é aberto a reclamações, elogios e sugestões. Na ponta, o programa GDF Presente contribui para soluções rápidas.

De janeiro a março deste ano, 23 de 31 regiões administrativas (RAs) conseguiram garantir que a maior parte das demandas fosse resolvida (veja arte). Duas delas, Varjão e Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), fecharam o trimestre com todas as solicitações atendidas – e quem define a resolução é o próprio demandante. Recém-criadas, Sol Nascente/Pôr do Sol e Arniqueira não entraram na contabilização do relatório da Ouvidoria-Geral, que coordena os trabalhos das ouvidorias especializadas de cada órgão.

GDF Presente

Os principais pedidos são de manutenção asfáltica – por meio da operação tapa-buracos –, recuperação ou construção de calçadas e coleta de entulhos ou lixos das ruas (veja arte). Todas essas demandas são reforçadas pelo GDF Presente, que passa uma semana em cada cidade para ajudar a resolver os problemas mais urgentes. Secretário de Governo, José Humberto Pires conta que as solicitações que chegam via ouvidoria são usadas para definir o planejamento de ações do programa.

“Os canais estão abertos, e, como estamos todos integrados, as respostas são mais rápidas”, explica.  “Quanto mais a comunidade puder contribuir, mais vai ajudar o governo a ser efetivo”. Para ele, as manifestações demonstram que a gestão está no mesmo compasso da população, que consegue enxergar resposta às solicitações. “Se o governo é omisso, a população desiste de demandar”, observa.

“Quanto mais a comunidade puder contribuir, mais vai ajudar o governo a ser efetivo”

José Humberto Pires, secretário de Governo

O secretário das Cidades, Fernando Leite, também aposta na interação do governo com a população. “O governo acontece nas cidades”, pontua. “É onde a demanda está, onde o cidadão quer mais iluminação, corrigir um buraco na rua, consertar parquinhos. Ouvir o povo é essencial”. A pasta, lembra o gestor, tem o papel preponderante de ser facilitadora das administrações regionais, que estão na ponta. “Se não estiver tudo organizado, as informações se perdem”.

“O governo acontece nas cidades. Ouvir o povo é essencial”

Fernando Leite, secretário das Cidades

Em março de 2019, o Decreto nº 39.723, editado pelo governador Ibaneis Rocha, definiu como prioridade de todos os órgãos da administração direta e indireta a resolução das demandas encaminhadas pelo cidadão ao Sistema de Gestão de Ouvidoria do Distrito Federal. “Nossa meta é atingir o índice anual de 50% de resolutividade, e está todo mundo empenhado em atingir”, avisa o ouvidor-geral, José dos Reis.

Ele explica que o morador que registra a demanda é quem volta ao sistema e aponta se houve resolução. Como os pedidos são georreferenciados, uma triagem os encaminha aos respectivos órgãos responsáveis. “O cidadão é nosso consultor”, ressalta. “Sabe onde estão os problemas, aponta as necessidades de melhorias e às vezes dá até sugestão para resolver. Nós estamos aqui para prestar serviço como ferramenta de facilitação e controle social”.

“O cidadão é nosso consultor. Sabe onde estão os problemas, aponta as necessidades de melhorias e às vezes dá até sugestão para resolver”

José dos Reis, ouvidor-geral do DF

Recorde de registros

De modo geral, a Ouvidoria-Geral do Distrito Federal finalizou o primeiro trimestre de 2020 demonstrando superação de 17% nos registros de manifestações, no comparativo com o mesmo período de 2019. Com o total de 65.045 registros e média mensal de 21.682, os números apresentados estabelecem novo recorde entre janeiro e março deste ano.

O assunto mais demandado e contabilizado nas estatísticas da Ouvidoria foram as ocorrências referentes à Covid-19, com 3.830 manifestações registradas nesse período pelo Sistema de Ouvidoria do Distrito Federal (OUV-DF).

Outros assuntos em destaque obtiveram registros relevantes. Foram 3.164 manifestações sobre material escolar, 2.793 solicitações de manutenção das vias públicas, 2.466 registros entre denúncias e elogios ao servidor público e 2.214 manifestações sobre atendimento em unidade de saúde pública.

“Com isso, evidenciamos a confiança dos cidadãos na rede de ouvidorias do DF, onde 69% estão satisfeitos com o atendimento prestado pela rede, 76% recomendam as ouvidorias do Distrito Federal e 81% estão satisfeitos com o sistema OUV-DF”, enfatiza o ouvidor-geral.

Canais de manifestação

O cidadão pode se manifestar pelo site OUV-DF a qualquer hora ou pelo telefone 162, de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h e, nos fins de semana e feriados, das 8h às 18h. A ligação é gratuita.

Fonte: AGÊNCIA BRASÍLIA. 

Doações podem ser feitas até 26 de junho nos batalhões da PMDF ou nas administrações regionais, com restrições para evitar a propagação do coronavírus

Para ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade social durante o inverno no Distrito Federal, a subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância lança, nesta quarta-feira (27), a 2ª edição da Campanha Agasalho Solidário. Devido à pandemia de Covid-19, o projeto será divulgado em plataforma on-line e receberá doações até 26 de junho.

Em sintonia com os protocolos e medidas de segurança sanitários para evitar a propagação do novo coronavírus, causador da Covid-19, cobertores, agasalhos, luvas e meias deverão ser lavados e entregues em sacos plásticos para facilitar a identificação. As arrecadações poderão ser feitas nos batalhões da Polícia Militar do DF (PMDF) ou nas administrações regionais.

“A solidariedade é um dos atos mais nobres do ser humano para aliviar o sofrimento do próximo. Assim, é importante somarmos esforços e coordenarmos essa ação para o bem-estar de toda a população do DF”, destaca a primeira-dama do DF, Mayara Noronha Rocha.

“Com os batalhões dos militares e as administrações regionais atuando como pontos de coleta, os doadores terão a facilidade de contribuir em locais próximos às suas residências”, enfatizou Anucha Soares, titular da Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância, estrutura vinculada à Governadoria do DF.

Parceria

A ação é uma parceria com a Vice-Governadoria do DF, a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) e a Câmara Legislativa do DF (CLDF). O projeto terá a coordenação das administrações regionais exercida pela Secretaria Executiva de Cidades e o trabalho logístico de entrega será realizado pela PMDF.

“As pessoas em situação de vulnerabilidade precisam de um ato de amor que os aqueça nas noites frias do inverno que chega. Dessa forma, unimos esforços para prover condições de aquecer tantas famílias do DF por meio da Campanha do Agasalho Solidário”, ressaltou Ana Paula Hoff, esposa do vice-governador Paco Britto.

2019

No ano passado, milhares de pessoas carentes receberam assistência do governo local e da iniciativa privada. A primeira-dama do DF, Mayara Noronha Rocha, visitou pontos que receberam as doações da campanha, como instituições sociais e creches.

Para se ter uma ideia da força do projeto, quase sete mil cobertores novinhos em folha foram doados ao poder público, para redistribuição a quem precisa, por um grupo de 15 empresários de Brasília, Belo Horizonte e São Paulo.     

Fonte: AGÊNCIA BRASÍLIA.

 

 

 

Proteção, fiscalização e conscientização na luta contra o coronavírus

A Administração Regional do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) entregou mais de 2 mil máscaras de proteção à população nos meses de abril e maio. As equipes entregaram as máscaras aos comerciantes da Ceasa, moradores da Estrutural e no Setor de Armazenagem e Abastecimento Norte (SAAN). O DF Legal, Secretaria de Economia do DF, SEDES-DF, Secretaria de Justiça e Cidadania e a SEGOV-DF organizaram a ação.

O material é de uso obrigatório e o não cumprimento das normas pode acarretar em multa de 2 mil reais. Esta é uma ação do GDF, por meio da administração do SIA, que teve início no dia 15 de maio. Faz parte de várias ações realizadas desde abril com objetivo de auxiliar na proteção, fiscalização e conscientização sobre a atual pandemia do coronavírus.

O uso de máscaras de proteção se tornou uma medida importante no combate ao novo coronavírus, pois diminui as chances de contágio. No entanto, é preciso lembrar que elas não substituem o isolamento social, a higienização das mãos e outras orientações de prevenção.

A administradora do SIA, Luana Machado, afirmou que a ação ajuda a conscientizar as pessoas sobre a importância do uso da máscara. “Entregamos mais de 2.000 máscaras para a população. A operação realiza a fiscalização do comércio e aborda as pessoas nas ruas, particularmente em aglomerações, para a prevenção ao coronavírus no DF”, disse.

A ação contou com a participação da Administração da Estrutural, Secretaria de Proteção da Ordem Urbanística do Distrito Federal (DF Legal), Departamento de Trânsito do Distrito Federal (DETRAN/DF), Polícia Militar do Distrito Federal (PM/DF) e Corpo de Bombeiros Militares (CBM/DF).

A Ouvidoria é um espaço para você se relacionar com o Governo do Distrito Federal. Nós garantimos a sua participação para que possa nos auxiliar na melhoria dos serviços públicos prestados. Essas ouvidorias do trabalham de forma integrada ao SIGO-DF e elaboram junto com as áreas técnicas as respostas para suas reclamações, denúncias, sugestões, elogios e informações. O contato com o serviço de ouvidoria poderá ser feito de três maneiras: pelo site OUV; pelo telefone 162 ou de forma presencial.

Confira o passo a passo para responder a pesquisa de satisfação sobre a nossa Ouvidoria:

 

Decreto publicado no domingo (24) revisa autorizações. Regras devem ser respeitadas para garantir a segurança sanitária de clientes e funcionários

O GDF atualizou as listas de estabelecimentos comerciais, de indústrias e serviços autorizados a abrir as portas na capital.  Publicado no domingo (24) em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), o Decreto nº 40.823 revisa horários de funcionamento conforme a característica de cada atividade. Todos devem respeitar regras para garantir a segurança sanitária de clientes e funcionários.

Estabelecimentos que já haviam sido autorizados devem abrir no horário determinado pela licença de funcionamento de cada um – ou seja, no período em que sempre funcionaram. Até então, não havia hora específica para abertura e fechamento. Isso inclui locais que vendem alimentos, medicamentos e combustíveis, além de clínicas e unidades de setores da indústria (veja lista completa abaixo).

Das 9h às 17h, poderão funcionar serviços em geral, além de atividades gráficas, financeiras e de seguros, de consultoria e gestão empresarial, de publicidade e comunicação, bem como aquelas que mantêm ações administrativas e serviços complementares. O horário ainda compreende a possibilidade de funcionamento de agências de viagens, operadores turísticos e bancas de jornais e revistas.

O comércio varejista em geral deve abrir das 11h às 19h. Nesse grupo estão incluídas floriculturas, lojas de calçados, roupas, artigos esportivos e extintores, além de serviços de corte e costura e o comércio de combustíveis e lubrificantes fora de postos. A regra para shoppings e centros comerciais não tem alteração: podem funcionar a partir do dia 27 (quarta-feira), das 13h às 21h.

A Secretaria de Proteção da Ordem Urbanística (DF Legal) ficará responsável por fiscalizar e monitorar o cumprimento das medidas e protocolos de segurança sanitários. As sanções incluem multa, interdição e até suspensão do alvará de funcionamento enquanto durar o estado de calamidade pública provocado pela Covid-19.

Horário de sempre

Confira, abaixo, quais estabelecimentos estão liberados para funcionar em qualquer horário, contanto que respeitada a licença de funcionamento.

  • Alimentícios: supermercados; hortifrutigranjeiros; minimercados; mercearias; açougues; peixarias; padarias e lojas de panificados; comércio especializado em produtos naturais, suplementos e fórmulas alimentares; comércio atacadista.
  • Combustíveis: postos de combustíveis e suas lojas de conveniência.
  • Saúde: comércio de produtos farmacêuticos; clínicas e consultórios médicos, odontológicos, laboratórios e farmacêuticas (fonoaudiólogos); clínicas veterinárias; petshops e lojas de medicamentos veterinários ou produtos saneantes domissanitários; funerárias e serviços relacionados; empresas do segmento de controle de vetores e pragas urbanas.
  • Construção: lojas de materiais de construção e produtos para casa, incluídos os home centers; comércio da construção civil, ferragens, madeireiras, serralheiras, pinturas e afins.
  • Serviços bancários: lotéricas e correspondentes bancários; agências bancárias e cooperativas de crédito.
  • Comércio: toda a cadeia do segmento de veículos automotores; lavanderias, tinturarias e toalheiros; óticas; armarinhos e lojas de tecido; setores moveleiro e eletroeletrônico.
  • Escritórios e indústria: Sistema S; atividades imobiliárias, jurídicas, de contabilidade, de auditoria, de arquitetura e engenharia; indústrias extrativas e da transformação; empresas de tecnologia, exceto lojas de equipamentos e suprimentos de informática.

Fonte: AGÊNCIA BRASÍLIA 

Interessados no exame devem selecionar o posto conforme disponibilidade da região administrativa e receber um comprovante com local e horário

Pessoas com sintomas de Covid-19, ou que tiveram contato com pacientes diagnosticados com a doença, não precisam mais esperar em filas do sistema drive-thru para realizar o teste. O Governo do Distrito Federal elaborou um agendamento online, por meio do site https://sistemas.df.gov.br/mteste/, e leva ao cidadão um mecanismo simples e rápido. As orientações constam de um pacote de informações produzido com esta finalidade pela Secretaria de Comunicação, por meio da Subsecretaria de Publicidade e Propaganda.

Primeiro, é necessário fazer um cadastro com e-mail. Em seguida, um código de validação, a ser preenchido com informações pessoais, é fornecido como passo obrigatório para acesso ao endereço eletrônico. Após essa etapa, o interessado deve selecionar o posto para agendamento, conforme a disponibilidade da região administrativa, e receber um comprovante com local e horário para realizar o teste.

O resultado sai em até 30 minutos, no local, mas também é possível recebê-lo por meio da plataforma fornecida pelo GDF. Esta segunda opção visa evitar aglomerações e espera em filas.

Na hora do teste, é necessário portar documento com foto e comprovante de residência. Importante destacar que o agendamento é individual, sem que seja possível alterar o mesmo procedimento. Um novo agendamento de teste só poderá ser feito após a conclusão do anterior, com a efetiva realização do exame, ou caso a data de testagem tenha expirado.

Com os sintomas da Covid-19, a publicitária Simone Lopes, 35 anos, fez o teste rápido que havia agendado pelo site. “Fiz o agendamento pela plataforma. Achei super rápido e fácil. Marquei de manhã e à tarde fui atendida, sem qualquer aglomeração, no posto de atendimento em Águas Claras”, relatou a publicitária, acrescentando só ter conseguido horário no segundo acesso, em razão da alta demanda, mas sem deixar de enfatizar a facilidade e a segurança que a ferramenta proporciona.

Postos

Moradores de Águas Claras, Taguatinga, Vicente Pires e Arniqueiras: Unieuro

Moradores de Asa Sul, Asa Norte, Sudoeste, Cruzeiro/Octogonal e Noroeste: Estacionamento 13 do Parque da Cidade

Moradores de Lago Sul, São Sebastião, Itapoã, Paranoá, Jardim Botânico e Jardins Mangueiral: Paróquia São Pedro de Alcântara – St. de Habitações Individuais Sul EQI 7/9, Lago Sul

Moradores de Lago Norte, Varjão e Granja do Torto: Iguatemi Shopping

Moradores de Guará, Núcleo Bandeirante, Candangolândia e Park Sul: Parque Shopping

Moradores de Ceilândia e Pôr do Sol/Sol Nascente: IESB – Unidade Ceilândia

Moradores de Ceilândia e Taguatinga: JK Shopping

Moradores de Sobradinho I, II e Fercal: Sesi – AE 03 – Lotes A/F – Q 13 – Parque dos Jequitibás, Sobradinho

Moradores de Planaltina: Loja Maçônica 7 de Setembro, próxima ao Hospital Regional de Planaltina

Moradores de Gama e Santa Maria: Estádio Bezerrão

Fonte: AGÊNCIA BRASÍLIA

 

Ação ajuda no combate à dengue no DF

Nesta quinta-feira (21), a Administração Regional do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) realizou a limpeza e retirada de entulhos na Divisão de Apoio e Serviços Gerais (DASG) da Polícia Civil do DF (PCDF), no trecho 4 do SIA.

Os serviços também foram realizados nos dias 15, 16, 17 e 20 de maio. No total, foram retirados 246 m³ de entulho e utilizados 26 caminhões.

A administradora do SIA, Luana Machado afirmou que essas ações ajudam a manter toda a poligonal limpa e a afastar todo mosquito da dengue. “A limpeza impede a formação de novos criadouros do mosquito nas áreas onde têm lixos e entulhos”, explicou.

Produtores e público frequentador da Ceasa-DF receberam máscaras na manhã dessa segunda-feira (18). A administração do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), com o apoio do DF Legal, Secretaria de Economia do DF, SEDES-DF, Secretaria de Justiça e Cidadania e a SEGOV-DF, organizaram a ação. O material é de uso obrigatório e o não cumprimento das normas pode acarretar em multa de 2 mil reais. Lembrando que a máscara é feita de material lavável e reutilizável. 

O uso de máscaras de proteção se tornou uma medida importante no combate ao novo coronavírus, pois diminui as chances de contágio. No entanto, é preciso lembrar que elas não substituem o isolamento social, a higienização das mãos e outras orientações de prevenção.

Esta é uma ação do GDF, por meio da administração do SIA que teve início na sexta (15) e terminará neste domingo (24). Faz parte de várias ações realizadas desde abril com objetivo de auxiliar na proteção, fiscalização e conscientização sobre a atual pandemia do coronavírus. A distribuição de máscaras está ocorrendo em vários pontos da capital, além da Ceasa e SIA.

A administradora do SIA, Luana Machado, afirmou que a operação ajuda a conscientizar as pessoas sobre a importância do uso da máscara. “Entregamos hoje mais de 500 máscaras para os produtores na Ceasa. A operação realiza a fiscalização do comércio e aborda as pessoas nas ruas, particularmente em aglomerações, para a prevenção ao coronavírus no DF”, disse Luana.

A ação contou com a participação da Secretaria de Proteção da Ordem Urbanística do Distrito Federal (DF Legal), Departamento de Trânsito do Distrito Federal (DETRAN/DF), Polícia Militar do Distrito Federal (PM/DF) e Corpo de Bombeiros Militares (CBM/DF).

ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO SETOR DE INDÚSTRIA E ABASTECIMENTO – RA XXIX
POLO CENTRAL – GDF PRESENTE
 
BALANÇO SEMANAL
 
Hoje, 08/05/2020, a administração regional do SIA, encerra a semana com um balanço superprodutivo.
 
Com o apoio do POLO CENTRALGDF PRESENTE que começou dia 04/05/2020 e permaneceu até hoje, 08/05/2020, foram realizados diversos serviços, como podas de árvores, recolhimento de entulho e operações tapa-buracos por todos os setores. Ainda, lavando às paradas de ônibus e faixas de pedestres, limpeza e manutenção nos Setores de Quadras e de Chácaras.
 
OPERAÇÃO TAPA-BURACO – POLO CENTRAL GDF PRESENTE
 
Literalmente, às equipes da administração do SIA e do Polo Central – GDF Presente, entraram em campo e realizaram um trabalho superimportante e necessário em prol dos Setores do SIA e SAAN.
 
Foram tapados um total de 62 buracos na Região Administrativa SIA, e poligonal do SAAN entre os dias 05,06,07 e 08 nas quadras 1, 2 e 3.
 
Durante esta semana na operação tapa-buracos, utilizou-se 22 toneladas e meia de massa asfáltica.
 
Uma verdadeira operação tapa-buracos.
 
Confira as fotos:
TAPA-BURACOS
ANTES
TAPA-BURACOS
DEPOIS
LIMPEZA NO SETOR DE CHÁCARAS

 

 
GRANDE OPERAÇÃO DE LIMPEZA NA CEASA-DF
 
Na última terça-feira, 05/05/2020, a administração, realizou uma grande operação de limpeza na CEASA-DF, até o dia de hoje, 08/05/2020. A ação foi coordenada pela própria administração do SIA, com o apoio da CEASA-DF, e foram 4 dias de serviços, e utilizado 06 caminhões, 01 retroescavadeira e uma 01 carregadeira.
 
Em toda à operação foi retirado 45 caminhões com aproximadamente 258 m³ de entulho.
 
O resultado foi muito produtivo.
 
Confira as fotos:
 
ANTES

 

DEPOIS

Desde o dia 04/05/2020 o POLO CENTRALGDF PRESENTE está em alta produtividade na operação Tapa-Buracos em todos os setores do SIA.

Hoje a equipe de obras e manutenção da administração regional do SIA, com o apoio do POLO realizaram novamente a recuperação do asfalto no SAAN.

Confira as fotos:

OPERAÇÃO TAPA-BURACOS NO SAAN
ANTES
OPERAÇÃO TAPA-BURACOS NO SAAN
DEPOIS

Hoje, 07/05/2020, a equipe de obras e manutenção da administração do SIA, está mais um dia com a importante atividade de limpeza no espaço, retirando todos os lixos e entulhos da CEASA-DF.

Na operação, novamente foram utilizadas uma retroescavadeira, uma pá carregadeira e seis caminhões, gerando no trabalho de hoje um número igual ao de ontem, sendo 13 caminhões retirados com resíduos de poda, supressão e paletes. Sempre ressaltamos que esse tipo de material pode acumular água e sujeira, causando condições propícias a insetos e ao mosquito e focos da dengue, zika, chikungunya e febre amarela. Ou seja, muito importante esta ação.

A operação de limpeza na CEASA-DF, continua amanhã, 08/05/2020.

Confira as fotos:

OPERAÇÃO DE LIMPEZA NA CEASA-DF

 

Hoje a equipe de obras e manutenção da administração regional do SIA, com o apoio do POLO CENTRALGDF PRESENTE – realizaram a recuperação do asfalto com uma super operação no SAAN.

Desde o dia 04/05/2020 o POLO CENTRALGDF PRESENTE está em alta produtividade na operação Tapa-Buracos, que permanecerá no SIA até dia 08/05/2020, Sexta-feira próxima.

Confira as fotos:

OPERAÇÃO TAPA-BURACOS NO SAAN
ANTES
 
DEPOIS
 
ANTES
 
DEPOIS
 
ANTES
 
DEPOIS
 
ANTES
 
DEPOIS
 
ANTES
 
DEPOIS
Hoje, 06/05/2020, depois de pontuado os locais de lixos e entulhos acumulados, e com o apoio e parceria da CEASA, desde ontem, 05/05/2020 a equipe de obras e manutenção da administração do SIA, está com a importante atividade de limpeza no espaço, retirando todos os lixos e entulhos do local.
 
Na operação, foram novamente utilizadas uma retroescavadeira, uma pá carregadeira e seis caminhões, gerando no trabalho de hoje um número de 13 caminhões retirados com resíduos de poda, supressão e paletes. Como já ressaltamos, esse tipo de material pode acumular água e sujeira, causando condições propícias a insetos e ao mosquito e focos da dengue, zika, chikungunya e febre amarela.
 
Grande parte de operação de limpeza aconteceu novamente atrás do prédio da administração da Ceasa, próximo a Feira dos Importados, local este, que acumula muitos resíduos.
 
A operação de limpeza no CEASA-DF, continua amanhã, 07/05/2020.
 
Confira as fotos:
OPERAÇÃO DE LIMPEZA NA CEASA-DF
ANTES
OPERAÇÃO DE LIMPEZA NA CEASA-DF
DEPOIS

Com o apoio do POLO CENTRALGDF PRESENTE – hoje realizamos a recuperação do asfalto entre os trilhos da ferrovia, no trecho 17 próximos à ANVISA nos dois sentidos da via, e também nos trilhos próximo a rotatória sentido à cidade do automóvel nos quatro ramais que cruzam a via, entre o setor de Inflamáveis, trechos 17 e trecho 04.

Confira as fotos:

TRILHOS DA FERROVIA NO TRECHO 17
ANTES
TRILHOS DA FERROVIA NO TRECHO 17
DEPOIS

 

TRILHOS PRÓXIMO A CIDADE DO AUTOMÓVEL
ANTES

 

TRILHOS PRÓXIMO A CIDADE DO AUTOMÓVEL
DEPOIS

A administração Regional do Setor de Indústria e Abastecimento – SIA, realizou a desinfecção e higienização de vários setores no SIA e na CEASA, no último dia 24/04/2020, e durante a ação, foi colocado à administradora regional, Luana Machado a necessidade de uma grande operação de limpeza na CEASA-DF.

Neste sentido, hoje, 05/05/2020, depois de pontuado os locais de lixos e entulhos acumulados, e com o apoio e parceria da CEASA, a equipe de obras e manutenção da administração do SIA, entrou em campo com a importante atividade de limpeza no espaço, sendo retirados todos os lixos e entulhos do local. 

Foram utilizadas uma retroescavadeira, uma pá carregadeira e seis caminhões. O trabalho gerou um número de 12 caminhões retirados com resíduos de poda, supressão e paletes. Esse tipo de material pode acumular água e sujeira, causando condições propícias a insetos e ao mosquito e focos da dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

Grande parte de operação de limpeza aconteceu atrás do prédio da administração da Ceasa, próximo a Feira dos Importados, local este, que acumula muitos resíduos.

A operação de limpeza no CEASA-DF, continua amanhã, 06/05/2020.

Confira as fotos:

OPERAÇÃO DE LIMPEZA NA CEASA-DF

   

Hoje, 04/05/2020, manutenções e limpezas, foram realizadas com diversos trabalhos pela a equipe da administração regional, em diversos setores do SIA.

Com o apoio do POLO CENTRALGDF PRESENTE – que começou hoje 04/05/2020 e permanecerá até dia 08/05/2020 – realizamos no dia de hoje, os serviços lavando às paradas de ônibus e faixas de pedestres, e ainda, limpeza e manutenção nos Setores de Quadras e de Chácaras.

Confira as fotos:

EQUIPE LAVANDO ÀS FAIXAS DE PEDESTRES E PARADAS DE ÔNIBUS
ANTES
EQUIPE LAVANDO ÀS FAIXAS DE PEDESTRES E PARADAS DE ÔNIBUS
DEPOIS
 
EQUIPE NA LIMPEZA NO SETOR DE QUADRAS
EQUIPE NA LIMPEZA NO SETOR DE CHÁCARAS
ANTES
EQUIPE NA LIMPEZA NO SETOR DE CHÁCARAS
DEPOIS

A administradora Luana Machado, recebeu hoje em seu gabinete, juntamente com sua equipe, os representantes da Associação dos Feirantes da Feira da Cultura, Arte e Beleza do SIA – ASFFECAB/SIA, Isaac Naves de Oliveira ( Presidente ), Rodrigo Naves de Oliveira e Ruan Naves de Oliveira para tratar sobre o alinhamento das diretrizes de trabalho e melhorias na Feira da Cultura, Arte e Beleza do SIA – FECAB.

Confira as fotos:

 

Com a decisão do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), de estender o período de fechamento de parte do comércio na capital federal, a multa para quem circular sem máscara na capital federal só começará a ser aplicada em 11 de maio.

Antes de exigir o uso obrigatório das máscaras, a Semob, em parceria com o Governo do Distrito Federal, fará uma campanha educativa sobre a importância do uso do equipamento durante a pandemia, reforçou a pasta.

Mesmo com o uso das máscaras, as autoridades sanitárias e os especialistas reforçam que a principal e mais eficaz medida de combate ao coronavírus Covid-19, até o momento é o isolamento. Portanto, só deve sair de casa quem realmente precisar, e tomar as medidas de prevenção, entre elas o uso desses equipamentos individuais de proteção e a higienização das mãos. É importante também desinfetar corretamente as máscaras após o uso

A Secretaria de Governo distribuirá máscaras a partir desta quinta-feira (30/4), somente em dias úteis, entre as 6h e as 21h, em diversos terminais e nas estações de metrô.

Veja em que locais as máscaras estarão disponíveis:

TERMINAL BRAZLÂNDIA CENTRO

Endereço: Área Especial, Setor Norte Lote 1

TERMINAL BRAZLÂNDIA SETOR VEREDAS 

Endereço: Setor Veredas, Praça Central AE Lote 1

TERMINAL SETOR “O”

Endereço: Área Especial C, Quadra QNO 14

TERMINAL SETOR “P SUL 

Endereço: QNP 24, Área Especial 1

TERMINAL SETOR QNQ/QNR

Endereço: QNR 1 Área Especial – Expansão Ceilândia 

TERMINAL SETOR GAMA CENTRAL                       

Endereço: Setor Central Área Especial – Gama

TERMINAL GAMA SUL                                                

Endereço: Quadra 5, Área especial – Gama

TERMINAL SANTA MARIA SUL                                

Endereço: Área Especial, Quadra 401 – Santa Maria Sul

TERMINAL RECANTO DAS EMAS 1                        

Endereço: Área Especial, Quadra 311 – Recanto das Emas

TERMINAL RECANTO DAS EMAS 2                        

Endereço: Avenida Ponte Alta, Quadra 400/600

TERMINAL SAMAMBAIA SUL

Endereço: QN 327, Área Especial 1 – Samambaia Sul                          

TERMINAL SAMAMBAIA NORTE                             

Endereço:  QR 433 S/N Área Especial 

TERMINAL DO PARANOÁ                                          

Endereço: Quadra 33, Área Especial, Lote 1

TERMINAL DE PLANALTINA 

Endereço: Av. Independência, Setor de hotéis e diversões Projeção O

TERMINAL RIACHO FUNDO 1                                

Endereço: Quadra 4, Lotes 6 a 8 – Riacho Fundo

TERMINAL RIACHO FUNDO 2                                 

Endereço: Área Especial QS 18 Riacho Fundo 02

TERMINAL SÃO SEBASTIÃO                                      

Endereço: Área Especial EDF 135 – São Sebastião

MINI TERMINAL SOBRADINHO 1                             

Endereço: Quadra 18, Área Especial 16/18

TERMINAL SOBRADINHO 2                                   

Endereço: Quadra AR 25, Conjunto 1, Lote 2 – Sobradinho 2 

TERMINAL TAGUATINGA M NORTE                       

Endereço: QNM 42, Área Especial 3, Lote 3 a 7

TERMINAL TAGUATINGA SUL                                  

Endereço: Área Especial 9 

ESTAÇÕES DO METRÔ: 

Ceilândia Norte

Ceilândia Centro

Guariroba

Ceilândia Sul

Centro Metropolitano

Praça do Relógio

Taguatinga Sul

Samambaia

Samambaia Sul

Furnas

MUTIRÃO RECOLHE 11 CAMINHÕES DE ENTULHO E CONTINUA ORIENTANDO A POPULAÇÃO SOBRE AÇÕES PREVENTIVAS DA DOENÇA

Nesta quarta-feira, 29/04/2020, a Administração Regional do Setor de Indústria e Abastecimento – SIA, deu continuidade na ação contra a proliferação do mosquito aedes aegypti, no – Setor de Chácaras / Aschagas – ao combate do mosquito e focos da dengue, zika, chikungunya e febre amarela, com inspeções nos domicílios do setor.

Novamente com suporte dos agentes da DIVAL (diretoria de vigilância ambiental), a mobilização contou com o apoio de 20 agentes de saúde da Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival) da Secretaria de Saúde, que orientaram a população para as ações de enfrentamento da doença, além de orientar sobre o combate correto ao mosquito transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela e outras arboviroses.

O polo central do GDF Presente participou com caminhões e trator para recolhimento de lixos e entulhos, e foram recolhidos no dia de hoje, 11 caminhões de entulhos.

Confira as fotos:

 

 

 

 

MUTIRÃO RECOLHE 18 CAMINHÕES DE ENTULHO E ORIENTA POPULAÇÃO SOBRE AÇÕES PREVENTIVAS DA DOENÇA

Nesta segunda feira, 27/04/2020, a Administração Regional do Setor de Indústria e Abastecimento- SIA, está promovendo mais uma ação contra a proliferação do mosquito aedes aegypti. Desta vez, as ações estão acontecendo no – Setor de Chácaras / Aschagas – no combate ao mosquito e focos da dengue, zika, chikungunya e febre amarela. As inspeções dos domicílios começaram às 8h.

Com suporte dos agentes da DIVAL (diretoria de vigilância ambiental), a mobilização contou com o apoio de 50 agentes de saúde da Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival) da Secretaria de Saúde, servidores da Unidade Básica de Saúde 4 – Lúcio Costa, Novacap e líderes comunitários que orientaram os locais com maior necessidade de limpeza, com o objetivo de mobilizar a população para as ações de enfrentamento da doença, além de orientar a população sobre o combate correto ao mosquito transmissor da da dengue, zika, chikungunya e febre amarela e outras arboviroses.

O polo central do GDF Presente participou com caminhões e trator para recolhimento de lixos e entulhos. Foram recolhidos 18 caminhões de entulho.

Das 8h às 17h, as equipes vão se empenhar em percorrer o maior número de casas, identificar focos e eliminá-los, e reforçando as orientações aos moradores da Aschagas, sobre medidas preventivas à proliferação do mosquito transmissor da dengue, ainda, informar todos dos moradores da comunidade, que coloquem os inservíveis na porta das suas casas para que administração regional passe recolhendo.

A administração regional continuará também com os serviços de limpeza recolhimento de resto de entulho para minimizar a proliferação de doenças.

A administradora do SIA, Luana Machado, relata que procurou a Unidade Básica de Saúde da região para saber sobre a incidência de casos de dengue naquela área específica. “ Ficamos sabendo que há vários casos. Então estamos fazendo esta ação conjunta com outros órgãos do Governo do Distrito Federal para deixar o SIA sem dengue. Tentamos reunir forças para que pudéssemos atingir todos os moradores. Estamos numa epidemia em Brasília.

Na semana passada foram retiradas nove carcaças daquela região, todas com foco do Aedes Aegytpi, e grandes áreas de circulação já passaram por desinfecção, como a Ceasa, a Feira do Importados e a FECAB.

Confira as fotos:

RETIRADA DAS CARCAÇAS DE VEÍCULOS ABANDONADOS NO SIA

Nesta sexta-feira dia 24/04/2020, a Administração Regional do Setor de Indústria e Abastecimento, juntamente com o CONSEG – Conselho Comunitário de Segurança, começou a livrar o SIA das carcaças de veículos abandonados.

Aconteceu a operação DF LIVRE DAS CARCAÇAS.

A administração regional do SIA conta com os setores do SIASTRCSAAN e SOFN, e nesta primeira fase a operação atuou no Setor de Quadra no SIA e no STRCSetor de Transportes e Cargas, pontuando e mapeando todas às carcaças de veículos abandonados em seus setores, e agir no dia de hoje.

Além da operação DF LIVRE DAS CARCAÇAS, o objetivo da administração regional, também, é na preocupação das ações no combate ao mosquito e dos focos da denguezikachikungunya febre amarela.

Desta forma, a DIVAL (diretoria de vigilância ambiental), – que está envolvida e acompanha a operação – atuou e fiscalizou todos os pontos e locais mapeados pela administração do SIA, das carcaças que foram retiradas.

Coordenada pela Secretaria de Segurança Pública, com suporte dos agentes da DIVAL (diretoria de vigilância ambiental), a SSP/DF, DETRANDF, DEFESA CIVIL, DF LEGAL, SECID e apoio da PMDF, foram retiradas 09 carcaças abandonadas nos setores SIA, trabalho este, que incluiu 04 caminhões e 01 Munck, – usado para movimentar e carregar grandes cargas – e o resultado foi híper positivo!

As carcaças dos carros abandonados, provisoriamente foram levadas para depósito do 3º Departamento de Estradas de Rodagem (DER/DF), – próximo à Samambaia – onde assim, os agentes de Vigilância Ambiental fazem o controle vetorial.

“ Nós estamos aqui hoje, a administração do SIA, juntamente com a DIVAL, o DETRAN, a DEFESA CIVIL, o DF LEGAL, a SSP/DF e o apoio da PMDF, nesta operação para deixarmos o SIA mais Limpo e mais seguro contra mosquito da denguezikachikungunya febre amarela. Ressalta a Administradora Regional do SIA, Luana Machado.

À frente da ação, está o coordenador dos Conselhos Comunitários de Segurança do Distrito Federal, Marcelo Batista, que pontuou a necessidade de que a ação seja realizada constantemente. “ É importante porque já encontramos sucatas que estavam há mais de dez anos paradas, acumulando focos de dengue. Mais que uma ação de governo, é questão de saúde pública ”, afirmou.

Segundo o coordenador, há o decreto emergencial nº 40.416, de 24 de janeiro de 2020, que dá suporte a à operação, com o objetivo de garantir a devida destinação às sucatas recolhidas, e atenção à saúde pública.

Confira as fotos:

EQUIPE
 RETIRADA DAS CARCAÇAS
EQUIPE DA DIVAL ATUANDO NA OPERAÇÃO
22/04/2020 – ADMINISTRAÇÃO DO SIA REALIZOU O TRABALHO DE PREPARAÇÃO PARA REABERTURA DAS FEIRAS COM DESINFECÇÃO E HIGIENIZAÇÃO AO CORONAVÍRUS COVID-19 E AÇÕES NO COMBATE AO MOSQUITO DA DENGUE, ZIKA, CHIKUNGUNYA E FEBRE AMARELA E TAMBÉM DESINFECTOU E HIGIENIZOU A CEASA QUE JÁ SE ENCONTRA ABERTA AO PÚBLICO

Nesta quarta-feira, 22/04/2020, a Administradora Luana Machado, antecipou para o dia de hoje, 22/04/2020, através do programa SANEAR/DF, a desinfecção e higienização realizadas pela DIVAL (diretoria de vigilância ambiental), que em nome do seu Diretor Edgar Rodrigues, agradecemos o profissionalismo, empenho e conhecimento dele e de toda à sua equipe, que qual ressaltamos demais o apoio à nossa administração, que tem como objetivo, preparar os ambientes da Feira dos Importados de Brasília (FIB) e a Feira da Cultura Arte e Beleza do SIA (FECAB), no caso de uma possível reabertura. Na CEASA – Centrais de Abastecimento do Distrito Federal, também foi realizada a ação, pois, já se encontra aberta com grande fluxo de frequentadores. 

Foram executadas várias pulverizações com hipoclorito de sódio em todos os locais das Feiras e Ceasa, pois há sempre um enorme fluxo de pessoas que frequentas estes locais.

“ Estamos aqui e em todo o Distrito Federal, para reforçar o combate à pandemia provocada pelo coronavírus (Covid-19) e doenças causadas por arboviroses, como dengue, zika, febre amarela e chikungunya ”. Ressalta Edgar Rodrigues, Diretor da DIVAL – Diretoria de Vigilância Ambiental.

Devido a uma enorme solicitação do Programa SANEAR-DF em todas as regiões do Distrito Federal, a administradora Luana Machado, se antecipou e tomou medidas preventivas para que hoje, 22/04/2020 fossem realizadas estas ações no SIA.

“ Nossa preocupação é preparar o SIA, a Feira dos Importados de Brasília (FIB), Feira da Cultura Arte e Beleza do SIA (FECAB), para a que quando a situação se normalizar em relação ao novo coronavírus (Covid-19) e assim, o comércio possa voltar a funcionar, a população esteja mais segura e protegida ”. Aproveitamos também e já realizamos a ação na CEASA Centrais de Abastecimento do Distrito Federal, que já se encontra em atividade normal. Destaca a administradora Luana Machado.

É preciso ressaltar que houve cooperação entre a ADMINISTRAÇÃO DO SIA, a CEASA e das FEIRAS para que essa ação ocorresse.

Onélio Teles, Presidente da CEASA-DF, destaca que ações como essas vêm para somar. “ O intuito da Ceasa é proteger todo seu público, sem distinção, e podermos disponibilizar para a população do Distrito Federal, um ambiente saudável, limpo e acolhedor ”. Por fim, agradeceu o empenho das medidas tomadas pela administradora Luana machado.

FOTOS:
Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros